Header Ads

Sai pra lá, Z-4: Guarani vence CRB em casa

No sábado (14) o Bugre entrou em campo contra o CRB no Brinco de Ouro, em Campinas. O jogo sendo confronto direto foi de extrema importância bilateral e isso trouxe um clima de tensão para a partida. A última vaga para o rebaixamento que ainda se mantém aberta deixa um sinal de alerta para todos que estão nas proximidades do temido Z-4.

Em um jogo equilibrado, a equipe mandante teve o maior número de finalizações e, consequentemente, levou a vitória. Após algumas chances criadas, o gol saiu aos 28’. Luiz Fernando aproveita da sobra dentro da área e chuta para o fundo do gol, uma bola no cantinho que não deu chances para o goleiro Edson.


Luiz Fernando comemorando o gol (Crédito: Gabriel Ferrari / Guarani Press)

Uma chuva de contra-ataques foi definindo a partida e, após cobrança de falta de Diego, do CRB, Flávio Boaventura se apresenta livre na área e deixa tudo igual no Brinco de Ouro. Um lance também sem chances para o goleiro Leandro Santos. O empate aconteceu aos 34’ e deixou o jogo tenso novamente para o Bugre que necessitava da vitória para se distanciar da zona de rebaixamento.

Após o empate, o Bugre seguiu vivo na partida tentando reverter a situação e deixar os três pontos aqui em Campinas e um cabeceio de Richarlyson ao receber bola de Fumagalli, saiu pelo canto esquerdo. Outro lance foi do autor do primeiro gol, Luiz Fernando, que chutou a bola da linha de fundo e quase terminava o primeiro tempo com o placar recuperado.

Sem chances claras de gol, o elenco foi para o vestiário com uma missão importante: conquistar os três pontos. No segundo tempo o jogo se manteve equilibrado e ambas as equipes necessitavam fazer um gol para manter-se em uma posição mais confortável para finalizar a rodada com um peso a menos para se levar para o próximo jogo.

O árbitro sobe a plaquinha e indica que o jogo vai até aos 49’. Pelas paralisações por atendimento médico, os 4 minutos pareciam pouco para tentar mudar a história, mas foi suficiente. Aos 46’ é dada falta para a equipe bugrina e Juninho inverte o lado e vai para cobrança. Bruno Mendes aparece e faz um cabeceio espetacular que bate no chão e deixa o goleiro Edson saber o que fazer.
Bruno Mendes comemorando o gol  (Imagem TV Guarani/IESCAMP) 

A lei não foi tão eficiente quanto a do primeiro turno na qual o zagueiro Diego Jussani (ex CRB), empatou o jogo no finalzinho trazendo um ponto de Alagoas. Jussani tem melhorado seu desempenho nos últimos jogos e vem assumindo a titularidade nas últimas rodadas. Apesar de não mexer no marcador, o zagueiro evitou a chegada da bola na área de Leandro Santos.

Apesar da identificação com o time rival vinda do comandante do CRB, isso terminantemente não influenciou no resultado e quem levou a vitória foi o time de casa por 2 a 1. O Guarani vem fazendo sua parte e, mesmo o quarto rebaixado ainda não ter sido definido, as chances de ser o time alviverde estão diminuindo a cada rodada.

O jogo foi comandado pelo auxiliar Umberto que seguiu muito bem às instruções do técnico Lisca para levar o Bugre para vitória. O técnico Lisca, em coletiva no fim do jogo homenageou Umberto e Márcio que fizeram um excelente trabalho na partida que trouxe um três pontos importantíssimos para o Guarani.



Hoje ocorre a antepenúltima partida antes do término do campeonato e todo ponto é bem vindo. O Guarani enfrenta a equipe do Londrina no Estádio do Café, às 19h15. Trazendo um ou três pontos, já auxilia na permanência da Série B para 2018. As chances do clássico campineiro conhecido como “Derby” voltar a acontecer tem grandes chances em função do mal desempenho do rival na Série A. Aguardemos os próximos episódios.


Por: Letícia Martins (@leleehnmartins)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.