Header Ads

Mo Salah salva o dia mais uma vez

Van Dijk, novo zagueiro do Liverpool, esteve presente em Anfield na vitória sobre o Leicester (Foto: Paul Ellis/AFP)
O ano de 2017 precisava terminar com chave de ouro para o Liverpool. Após anunciar a contratação de Virgil Van Dijk, que se tornou o zagueiro mais caro da história, uma vitória hoje seria importantíssima para fechar um ano que teve mais positivos do que negativos, já que na última temporada conseguimos a classificação para a Champions League e nessa temporada conseguimos passar de grupo com certa tranquilidade.

O adversário de hoje (30) era o Leicester, que desde a chegada de Claude Puel vem crescendo e apresentando um futebol bem interessante, mas que não está em sua melhor fase, sem conseguir uma vitória nas últimas quatro partidas.

Como já estamos nos acostumando a ver nesse período com muitos jogos, Klopp fez cinco mudanças em relação ao time que enfrentou o Swansea City no Boxing Day, com o goleiro Loris Karius, Joe Gomez, Dejan Lovren, James Milner e Sadio Mané entrando no time titular. Algo de destaque no jogo de hoje foi a participação do "Fab Four", que mais uma vez atuou junto.

A partida em Anfield não começou da forma esperada, com o Leicester abrindo o placar após três minutos de jogo, após falha na saída de bola de Joel Matip, dando brecha para Iborra acionar Mahrez, que encontrou Vardy sozinho na área. A falha defensiva já colocou as câmeras no rosto de Van Dijk, que esteve presente nas tribunas de Anfield pela primeira vez como um Red.

A reação do Liverpool foi instantânea e, como falou Klopp, foi a melhor que viu. O Liverpool pressionou o Leicester até o final do primeiro tempo, mas não conseguiu encontrar uma brecha. No entanto, aos 52', Mané achou Salah com um lindo passe de calcanhar e o artilheiro dos Reds não desperdiçou a chance de empatar o jogo.

Mo Salah celebrando o gol que deu a vitória ao Liverpool (Foto: Liverpool FC)
E a reação foi completa aos 76', quando Milner encontrou Salah, que girou em cima do zagueiro Maguire e colocou a bola no canto direito, para marcar um belo gol e colocar os Reds à frente.

Na partida de hoje o Liverpool demonstrou duas qualidades que faltaram em alguns jogos na temporada: caráter e urgência. Logo após o gol do Leicester, o ataque começou a pressionar e partir em busca do gol e a atitude demonstrada pelos jogadores trouxe a torcida para o campo, fator que teve imensa contribuição no resultado final. Os Reds chutaram 17 vezes ao gol, contra 7 dos visitantes, algo que demonstra a pressão imposta pelo time de Klopp.

Torcida cumpriu seu papel e foi importante na reação dos Reds (Foto: Liverpool FC)
Outro ponto positivo foi ver Mo Salah marcando após passar em branco contra o Swansea, apesar de ter contribuído com duas assistências. O egípcio fechou o ano com 23 gols marcados pelos Reds, mais do que qualquer outro jogador nas últimas três temporadas, demonstrando o impacto desde sua chegada a Merseyside.

Agora o Liverpool entra em campo contra uma das surpresas do campeonato, o Burnley, em Turf Moor, no primeiro dia do ano. Será um jogo difícil, mas esperamos uma boa atuação dos Reds, que não perdem há 15 partidas e se encontram na quarta posição.

Vou me despedindo. Feliz ano novo a todos.

Por: Gabriel Coelho // @gabrielcoelhof_

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.