Header Ads

Longe do esperado

Com somente 15 dias de pré-temporada o Paraná Clube já entrou em campo pelo Campeonato Paranaense. Abrindo a rodada e o campeonato, o time de Wagner Lopes foi até Francisco Beltrão enfrentar o recém promovido CE União, que retornava a elite paranaense depois de 38 anos, e as coisas não saíram nada como o planejado.

Resultado de imagem para paraná clube
Foto: Jose Delmo Menezes Junior
O JOGO
O jogo era bem morno, as equipes ainda buscavam se encontrar na partida, quando Rayan e Hugo protagonizaram um lance bizarro: Rayan deu um bico na bola para cima, em direção ao gol, Hugo não conseguiu encaixar, a bola bateu no travessão e na volta, Marquinhos Cambalhota dividiu com Rayan para abriu o placar. Lance de cinema. Para melhorar a situação, no final da primeira etapa Thiaguinho cobrou falta e Lucas Vieira subiu sozinho para ampliar para os donos da casa.

A segunda etapa foi diferente. Precisando de gols o Tricolor foi ao ataque e criou diversas chances, mas pecou demasiadamente nas finalizações. João Paulo tentou, Diego tentou, Zezinho tentou, até que Felipe Augusto chutou de fora da área, a bola desviou e entrou: 2 x 1. O jogo se tornou um ataque contra defesa, as chances foram criadas, mas não era o dia. Marcos Paulo, inspirado, conseguiu para Alemão e Zezinho em boas oportunidades. E quando o empate parecia certo, Gabriel Pires, praticamente embaixo da trave, mandou para fora. 2 x 1 para o União e estreia dolorida.

Resultado de imagem para paraná
Foto: Jose Delmo Menezes Junior
ANÁLISE
A curta pré-temporada claramente afetou o jogo da equipe Paranista, tanto fisicamente quanto taticamente. As principais peças não conseguiram mostrar grande coisa e alguns setores mostraram a necessidade de reforços, principalmente a zaga. Desde o ano passado é evidente que Rayan não consegue dar conta do recado, será que veremos Márcio titular nas próximas partidas?

A lateral-esquerda também clama por alguém já que Igor é bem limitado. No ataque pouco se produziu, muito mais por falta de ritmo do que de qualidade. Quem sabe Zé Carlos não aparece nos próximos confrontos e coloque ela para dentro.

No gol Hugo entrou na fogueira com as lesões de Richard e Luis Carlos e ficou nervoso com a responsabilidade. A falha bizarra no primeiro gol e a não saída da meta no segundo gol evidenciam o nervosismo. Na segunda etapa o arqueiro pareceu mais tranquilo e fez boa defesa em chute de Thiago Maringá.

Do outro lado tivemos Junior pela direita como grata surpresa. O lateral se destacou principalmente pelas arrancadas e apoios ao ataque. O meia João Paulo também tentou mostrar seu futebol, ainda que timidamente. O camisa 10 chamou a atenção pelos seus bons passes na criação das jogadas.

PRÓXIMO COMPROMISSO
O grande foco Paranista está na Copa do Brasil, no dia 01/02, mas antes disso são dois compromissos pelo estadual. Na quarta-feira, 24/01, o Tricolor vai a campo enfrentar o cap na Vila Capanema. Necessitando uma recuperação para não correr risco, Wagner Lopes, deve escalar um time semelhante ao que foi derrotado pelo União, com exceção de Minho, que deslocou o ombro e é dúvida, todos os outros estão a disposição do treinador.


Fellipe Vicentini | @_FellipeS
#PRaCima

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.