Header Ads

Real Sociedad 1x2 Celta: Breve relato de um pesadelo

(Foto: Reprodução)

Estou em um pesadelo e não consigo acordar.
Vejo um time azul e branco que tem a bola o tempo inteiro, chuta mais que o adversário, ataca mais, domina, mas sempre perde no final. Nada faz a situação mudar. Jogo após jogo.
Fico desesperado ao ver que o treinador insiste na mesma estratégia, nas mesmas trocas, e em como isso nunca muda o final da história.
Tenho vontade de chegar até ele e dizer que ele precisa fazer algo diferente, mas é impossível. Em flashes ele aparece em coletivas dando as mesmas respostas de sempre:
“Triste… tivemos mais controle de bola, criamos mais chances de gol, mas não conseguimos fazer… e eles sim…”
A mesma resposta a cada coletiva.
A mesma resposta a cada adversidade do jogo.
Juanmi por Januzaj. Januzaj por Juanmi. Mesmo sistema tático.
Canales por Oyarzabal. Oyarzabal por Canales. Mesmo sistema tático.
Ininterruptamente. Derrota após derrota.
E um time cada vez mais desesperado pairando pela 15ª posição da tabela. Ainda que a classificação de certa forma mostre que a distância do rebaixamento é quase a mesma das posições europeias, a sensação é de que a queda para o abismo é inevitável.
Aquela sensação que temos em pesadelo, sabe? De querer sair do lugar e não conseguir? Essa é a minha sensação ao ver esse time jogando…
Apenas torço para que alguém me acorde antes que seja tarde demais…
Ficha técnica:
Real Sociedad: (4-3-3) Rulli, Odriozola, Llorente, Navas e Rodrigues; Zubeldia, Illarra e Prieto (cap) (Agirretxe, min.82); Canales (Oyarzabal, min.60), Juanmi (Januzaj, min.69) e Willian José.
Celta de Vigo: (4-3-3) Blanco; Mallo, S. Gómez, Roncaglia e Jonny; Lobotka, Jozabed (Radoja, min.67) e Wass; Aspas, M. Gomez (G. Cabral, min.88) e Sisto (Brais, min.78).
Gols: 1-0: Willian José, min.10. 1-1: Aspas (p), min.21. 1-2: M. Gómez, min.75.
Árbitro: Mateu Lahoz. Amarelo para Zubeldia da Real Sociedad e Jozabed e Lobotka do Celta.
Público: 19.081 espectadores.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.