Header Ads

Enfim vencemos

Vamos combinar que não é nada demais ganhar do Madureira, ainda mais se tratando de campeonato carioca, no entanto, tendo em vista às circunstâncias atuais do clube, não podemos perder a oportunidade de comemorar um resultado positivo. Resultado este que vai muito além da vitória.

Apesar de muitos tricolores pessimistas já decretarem o rebaixamento neste ano, é impossível afirmar tal coisa levando em consideração o mero campeonato estadual. Antes que aqueles me crucifiquem, é preciso concordar que, de fatto, o rendimento do time, que já era ruim em 2017, ficou ainda pior, e também pudera. O time titular do Fluminense perdeu no total 8 jogadores de um ano para outro, destes 8, ninguém menos do que o artilheiro e o maior assistente (passes para gol) do campeonato brasileiro.

Além disso, nesses 6 primeiros jogos da temporada, o treinador Abel Braga vem propondo um sistema bem diferente daquele que utilizou durante boa parte da temporada passada, o 3-5-2. Nesse esquema tático, não só é necessário uma boa saída de bola dos zagueiros, como também um apoio maior dos laterais no ataque.

No caso do Fluminense, a adoção do esquema é de extrema dificuldade, vide as apresentações nas últimas partidas. Sem saída de jogo, sem criatividade, sem finalização, sem gol, sem vitória. Esse era o resumo do início de temporada do tricolor até o jogo de ontem contra o Madureira.

A partida foi longe de ser agradável ou bem disputada, porém a atuação da equipe foi melhor do que as anteriores, quer dizer, menos pior. Mas sim, aceitando os torcedores ou não, houve um resquício de evolução, pelo menos ofensivamente. No flu, dois jogadores merecem ser destacados, o lateral-esquerdo Ayrton Lucas que, além de tomar a iniciativa na criação de diversas jogadas, teve participação direta no primeiro gol com uma assistência. E o atacante Robinho que substituiu o suspenso Sornoza no meio campo, exerceu de forma digna a posição de armador durante a primeira etapa.

Aos poucos o time apresenta sinais de que está absorvendo a nova proposta do técnico, de um novo sistema de jogo que para muitos pode ser muito defensivo ou acuado, mas que na verdade se trata de uma única opção para a temporada.

ST
Caio Ramos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.