Header Ads

Nota extra-oficial sobre a saída de Iñigo Martínez

(Foto: Reprodução em preto e branco – Transfermarkt)

Recebo com enorme revolta a notícia veiculada no Diario Vasco, da saída de Iñigo Martínez para o rival rojiblanco do País Basco.
Em um misto de uma imensa vontade de despejar toneladas de rancor e indignação com o inevitável desprezo que deve ser necessário a um atleta txuri-urdin que toma uma decisão desse tipo, tentarei o máximo possível suprir os dois desejos. Quero desabafar, e vou, mas serei breve.
Após seis temporadas e meia com o plantel principal da Real Sociedad, com uma cláusula de rescisão de 32 milhões de euros, valor risível para a atual realidade do mercado, somada a vontade do próprio atleta em sair do clube rumo ao rival, Iñigo Martínez se juntará aos predadores do País Basco ainda nesta janela, para substituir Aymeric Laporte, que marchou para o Manchester City.
Sendo assim, desprezo os seus serviços prestados ao clube e desejo o mais marcante insucesso e fracasso ao atleta nos desafios que virão. Que ele seja o novo Zubiaurre, e suma do mapa futebolístico o quanto antes.
Estes são os mais sinceros votos do autor, que não irá se alongar mais no assunto por motivos de compromisso com um mínimo de nível no projeto que toca.
Sem mais, agradeço a compreensão de todos. Um forte abraço!
Att,

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.