Header Ads

Real Sociedad 3×0 Levante – Respiramos!

Momento do gol de Juanmi, o segundo do jogo, que finalizou a bola ao estilo golpe de caratê, nos colocando em ótima situação na partida (Foto: Twitter do Clube)

Neste domingo vencemos o Levante com autoridade: 3 a 0, com gols de Xabi Prieto de pênalti, Juanmi e Canales, grande destaque do jogo junto a Odriozola, nos colocando na 12ª colocação na tabela da LaLiga, com 29 pontos. Xabi, que aparece aí em cima no vídeo feliz e contente, com o pênalti convertido hoje tem 21 cobranças de pênalti certas em 22 tentadas na carreira. Não perde um pênalti há 11 anos. Simplesmente incrível!
Em uma partida chave para o cargo de Eusebio Sacristán no comando do time, hoje vimos um time finalmente conseguir ser efetivo nas chances criadas. Com 63% de posse de bola efetiva, conseguimos controlar o jogo como há muito tempo não acontecia, nem mesmo nos 5 a 0 contra o La Coruña, no início do mês.
Um time com volume de jogo desde o início e que conseguiu um pênalti, convertido por Xabi Prieto com a costumeira categoria aos 10 minutos. Infelizmente, o maestro sentiu uma lesão logo após a cobrança, uma punção no adutor direito, e teve que sair aos 13 minutos, entrando em seu lugar Sergio Canales.

O que parecia ser uma ducha de água fria na atuação da equipe, que vinha sendo muito boa, acabou por provocar uma melhora no que já estava entusiamante. Canales, partindo da mesma posição de Prieto, na faixa centro-direita do meio campo, tomou conta da partida, comandando as ações do time e se entendendo maravilhosamente com o também imenso Odriozola. Seria de Canales a bela jogada culminada em assitência para o gol de Juanmi aos 38 minutos.

A volta do intervalo, embora provocando uma natural queda no ritmo com o passar dos minutos, ainda permitiu um belíssimo gol dele, quem mais poderia ser hoje? Claro que de Canales, aos 55 minutos, após difícil domínio em lançamento e finalização sem chances para Olazábal (goleiro que de passagem recente no nosso time), deslocando o portero e colocando o que seria o ponto final no placar.

Com mais jogo pela frente, conseguimos controlar relativamente bem as tímidas investidas do rival valenciano e conseguimos nos permitir não só uma variação no esquema, com Zubeldia fazendo o doble-pivot com Illarra, como também mais alguns minutos para o garoto Gorosabel, que é uma aposta da base para se firmar futuramente como reserva do também garoto e canterano Odriozola. Com Carlos Martínez sempre lesionado e Zaldua aparentemente sem perspectivas após o empréstimo para o Leganés (acho que deveria ganhar uma chance na volta), essa ação não deixa de ser bacana para ir dando um pouco mais de casca ao jovem lateral.

Por fim, com essa tímida subida na tabela, mas nos colocando com mais firmeza na briga pelo pelotão de cima, o desafio agora volta a nos exigir um pouco mais do que vamos oferecendo: dia 22, Europa League, Red Bull Salzburg, jogo de volta fora de casa com a vantagem do "0x0" para o time austríaco.

Respiramos, e isso é importante, é essencial. Mas já é hora de mudar a chave. Foco na Europa League, e que Xabi Prieto melhore rápido!

#GORAERREALA

FICHA TÉCNICA:

Real Sociedad: (4-3-3) Rulli; Odriozola (Gorosabel, min.80), Aritz, Navas, De la Bella; Illarra, Prieto (c) (Canales, min.12) e Zurutuza; Oyarzabal (Zubeldia, min.68), Juanmi e Agirretxe.
Levante UD: (4-3-3) Olazábal; Coke (Rochina, min.55), Chema, Postigo e Luna; Lukic (Roger M., min.46), Doukouré e Campaña; Jasón, Morales e Pazzini (Boateng, min.59).
Gols: 1-0: Prieto (pen), min.10. 2-0: Juanmi, min.38. 3-0: Canales, min.55
Árbitro: Jaime Latre. Amarelo para Lukic e Chema do Levante.
Público: 18.189 espectadores.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.