Header Ads

A noite misteriosa


    O jogo desta quinta(10) aconteceu na Vila Belmiro com uma torcida acanhada e um clima frio, depois do vexame contra o Grêmio no sul, os santistas esperaram para ver uma resposta em campo contra a Luverdense, para poder voltar a apoiar. Os torcedores presentes puderam acompanhar algo inesperado. O que aconteceu essa noite em Santos, foi um fenômeno extremamente raro que acontece a cada um bilhão de anos, e depois de hoje com certeza os torcedores voltarão a ir assistir esse time jogar, se não for por paixão, será por curiosidade.

   Depois de muito tempo a terra voltou a receber o fenômeno mais raro possível em toda a galáxia : Um Hat-Trick do Gabi-não-gol; Um cruzamento certo de Victor Ferraz, e uma falha de Vanderlei. Tudo na mesma partida.

    Mas é claro que teve o comum também : Teve brilho de raio, grandes defesas de Vanderlei, Dodô desfilando sua categoria em campo e a volta da mística da Vila mais famosa do mundo em uma explêndida goleada. 5 a 1. 

O JOGO 

    O primeiro tempo foi um teste de paciência para todo torcedor alvinegro. O peixe saiu perdendo com um gol de falta aos 11 do primeiro tempo marcado por Itaqui em falha de Vanderlei, que não vive grande fase. O peixe conseguia assustar apenas em escanteios e o zagueiro Gustavo Henrique era quem mais levava perigo. O time de Lucas do Rio Verde explorava os contra-ataques e parava em Vanderlei, que aos poucos se redimia de sua falha.

    O lance mais curioso da primeira etapa fora o do gol de empate, Victor Ferraz que raramente cruza para a área ( ele costuma passes rasteiros para a finalização ) cruzou e encontrou Gabriel Barbosa ( que raramente faz gol de cabeça ) para marcar. 1 a 1.


Os melhores em campo na noite desta quinta, na vila. Por : Reprodução
   O segundo tempo foi um amplo domínio do time da Baixada Santista, em quase todas oportunidades criadas o gol saiu. Foi um segundo tempo mágico que não condiz em nada com a atual situação do Santos Futebol Clube, não pode haver ilusão com esse resultado atípico, torcedor não pode ter memória curta! 

   Mas continuando com o segundo tempo perfeito, aos 59 minutos, Gustavo Henrique marcou o gol da virada. Aos 63 minutos o raio apareceu, Rodrygo, fez uma jogada de dribles e cortes dignos de Neymar e Robinho, e chutou, o goleiro adversário fez grande defesa, mas a bola caiu nos pés do camisa 10 do peixe, Gabriel fez mais um. 3 a 1, O lance mais lindo da partida ( e talvez da semana ) ocorreu cinco minutos depois do terceiro gol, aos 68 Vitor Bueno lançou Victor Ferraz na direita que como de costume cruzou rasteiro para a área, mas dessa vez o matador estava inspirado, Gabriel Barbosa ousou uma letra e acertou-a, 4 a 1 e uma pintura na Vila. O gol mais importante saiu no final da partida, mais precisamente aos 86 minutos, Depois de mais uma jogada de Rodrygo, Yuri passou para Yuri Alberto que fez o quinto, cessando as piadas do jogo de domingo e decretando assim uma ótima vantagem, 5 a 1. 

Finalizando...

    É muito importante que esse resultado não mascare a realidade do nosso time, foi muito importante essa larga vitória para trazer de volta a confiança que andava perdida mas as falhas ainda existem e precisam ser concertadas. O DNA ofensivo característico do Santos está nebuloso aos comandos de Jair Ventura, ninguém sabe o que esperar para a próxima partida contra o Paraná, mas como é em casa, a vitória é obrigação. O meio de campo do time ainda carece de um armador que o elenco não se dispõe, Zelarayan e Ganso são os mais pedidos. 

A torcida precisa comparecer no estádio para dar o seu apoio, a equipe esta em turbulência e toda boa ação é bem vinda. 

PS/Nota de Desculpa : Cinco Muito Luverdense, mas quinta que vem tem mais.

UM ORGULHO QUE NEM TODOS PODEM TER.

Por : Gabriel Ferraz / @_vsferraz

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.