Header Ads

Ato final: O adeus a Xabi Prieto e Carlos Martínez e o futuro indefinido

E a temporada chegou a seu final. Mas não só a temporada.
Hoje foi um dia de adeus. Não apenas de Iniesta, mundialmente celebrado hoje, mas de Xabi Prieto.

Homenagem mútua de dois gigantes do futebol espanhol (Reprodução: Twitter)


Carlos Martínez não foi relacionado hoje, e nosso eterno capitão começou no banco de reservas. Em um jogo onde os holofotes estavam todos sobre Iniesta, foi muito bacana o gesto da imagem acima, no começo do jogo. Apesar de Iniesta também não ser daquelas personalidades extrovertidas, a sua importância para o futebol mundial o impediu de qualquer homenagem que não fosse estratosférica, e reservar um pouco desse momento especial para compartilhar com uma outra lenda tão introvertida quanto foi incrível.
Xabi Prieto acabou entrando apenas nos minutos finais, onde uma aguerrida Real Sociedad deu alguma dificuldade para um Barcelona que poupava Messi e dava minutos ao zagueiro Mina, que sofreu bastante com Januzaj durante o tempo em que o belga esteve em campo.
Coube a Coutinho impedir o zero no placar de um jogo que queria ser moldado para Iniesta. Muitas jogadas procuravam deixá-lo livre, e ele chegou a ter uma chance clara no início do jogo em um chute que balançou a rede (pelo lado de fora) ao lado direito de Moyá.
De destaques na Real Sociedad, fora a aparição do nosso eterno 10, boas atuações de Januzaj e Willian José. Nossos laterais sofreram bastante, sobrecarregando o miolo de zaga. Illarra e Zurutuza foram muito sólidos, e devem seguir sendo a espinha dorsal do setor para a próxima temporada.
E por falar em próxima temporada, sem os pilares Xabi Prieto e Carlos Martínez, também não seguiremos com Imanol Alguacil, que voltará ao Sanse. Estamos em um momento de indefinição. Asier Garitano é o mais especulado no momento, após um trabalho que manteve o Leganés na LaLiga com folgas, apesar do 17º lugar, já que o primeiro a cair, o La Coruña, ficou à 14 pontos de diferença, com apenas 29. Tenho minhas desconfianças se é o nome certo para mudar nosso patamar, mas independente de qualquer coisa precisamos saber o quanto antes nosso comandante. Muito do planejamento já se decide daí.
Asier Garitano
Garitano não seguirá no Leganés após o fim da temporada. Passagem no clube foi de longos 5 anos (Reprodução: Marca)
Agora, uma longa pausa sem futebol. Seguirei publicando periodicamente temas importantes para o clube por aqui, acompanhando as principais movimentações da diretoria, mas, à partir de agora, com um certo vazio no coração, que será saber que não verei mais o que para mim sempre foi o camisa 10, o craque, a liderança pacata e exemplar de um filho de San Sebastián, que sempre respirou essas cores.
Carlos Martínez é outro que deixará saudades, mas, se me permitem, a saudade de Xabi Prieto será quase insuportável por muito tempo para mim. Espero superar minimamente nesse período de pós-temporada e, dentro do possível, reaprender a ver esse clube sem seu estandarte.
No mais, por enquanto é só...
Iniesta Xabi Prieto
Emblemático (Reprodução: Twitter)
Ficha técnica:
FC Barcelona: (4-3-3) Stegen; Semedo, Piqué, Mina e Alba; Busquets, Rakitic e Iniesta (cap.) (Alcácer, min. 81); Dembélé (Denis Suárez, min. 53), Coutinho (Messi, min. 67) e Suárez.
Real Sociedad: (4-2-3-1) Moyá; Aritz (Odriozola, min. 71), Llorente, Navas e De la Bella; Illara (cap.) e Zurutuza (Prieto, min. 89); Januzaj (Canales, min. 63), Juanmi e Oyarzabal; Willian José
Gol: 1-0: Coutinho, min. 57.
Árbitro: Munuera Montero. Amarelo para Suárez, Alba e Rakitic do Barcelona e Navas e Januzaj da Real Sociedad.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.