Header Ads

Nada pode... ABALOU!

O algoz esmeraldino, Alan Mineiro voltou e voltou com sede de gols ao Tigrão, o meia foi autor de dois dos três gols do colorado na partida. Na tarde deste sábado (5), o Vila Nova enfrentou o Goiás é venceu por 3x1. O Tigre agora é líder da competição com 12 pontos.

(Foto: Reprodução / Vila Nova FC).
Mesmo sem o apoio de seu torcedor, o Tigrão entrou em campo determinado a manter seus 100% de aproveitamento na Série B, o time que teve pela primeira vez Alan Mineiro como titular. O Tigre já foi logo dando as caras de como seria a tarde colorada logo nos primeiros minutos. Após Gaston não desistir da jogada é serviu Reis que chutou forte, o goleiro Marcelo Rangel acabou aceitando e o Vila abriu o placar aos 09’ no Serra Dourada, 1x0 Vila Nova. 

Após o gol o Vila recuou, tanto é que chamou o rival para cima foi onde conseguiram chegar ao empate após uma bola desviada. Rafinha pegou de primeira na entrada da área e empatou a partida, 1x1 Goiás. 

Foi o único chute a gol do Goiás na partida e mesmo com a maior posse de bola o esmeraldino não conseguiu levar mais perigo ao gol defendido por Mateus Pasinato. 

A posse de bola dessa vez não ficou por conta do colorado, o esmeraldino ficou com 51% com a bola nos pés contra 49% do colorado.

A partir dai o Vila Nova tentou acordar em campo para chegar ao seu segundo gol, mas o time errava bastante. Antes do intervalo Geovane acertou o travessão, após uma cobrança de escanteio. Mateus Anderson frente a frente com o goleiro perdeu uma chance incrível de deixar o Tigre em vantagem. E para piorar a situação, o Tigrão  acabou perdendo Wellington Reis, que se machucou o volante deu lugar a Moacir que entrou no fim do primeiro tempo. Assim como na partida diante do Sampaio Corrêa, o Tigre foi para o intervalo com a partida empatada. 

O segundo tempo começou da mesma forma, antes do primeiro minuto Alan Mineiro, o algoz esmeraldino perdeu uma grande chance, o meia recebeu a bola na marca do penâlti e chutou fraco em cima da defesa. O Tigrão persistiu, era só pressão do colorado, mas ao mesmo tempo jogando com calma marcando em cima do adversário, deixando o rival sem estabilidade na partida. 

A torcida já estava impaciente com a equipe, a insatisfação ficaria pior após a estrela de Alan Mineiro brilhar novamente em um clássico. Falta em Moacir, eis que surgiu o meia colorado Alan Mineiro bateu colocado, 2x1 Tigrão. Sem chances de defesa ao goleiro Marcelo Rangel.


(Foto: Reprodução / Vila Nova FC).

Com o gol o esmeraldino se perdeu ainda mais em campo. Sem inspiração para empatar o que seria algo a favor deles, se tornou contra. A torcida impaciente protestava na arquibancada, enquanto seu time era massacrado em campo. Sem reação a equipe esmeraldina não chegou mais ao ataque, quando chegava finalizava mal, nem assustava o goleiro Mateus Pasinato. 


Se a partida não estava boa para Goiás, o Vila Nova tratou de mostrar que podia ficar ainda pior. Após uma cobrança de falta do Goiás, a zaga afastou e Maguinho arrancou armando um contra-ataque, o lateral tocou para Alan Mineiro que não desperdiçou. O meia repetiu o feito de 2017, onde marcou dois gols em cima do rival. Foi o segundo gol do meia no clássico e o terceiro do Tigrão na partida, 3x1. 

Nessa altura, a torcida do Goiás gritava 'olé' a cada toque do Vila Nova na bola. O Vila soube administrar o jogo, o técnico Hemerson Maria novamente foi o dono do maior clássico do centro-oeste. O Vila Nova em momento algum teve medo do adversário. Por fim deu a lógica, o melhor futebol venceu. 

Destaque 

O técnico Hemerson Maria deu uma verdadeira aula de tática ao técnico do Goiás, Hélio dos Anjos. Deixou sua equipe bem postada e soube aproveitar o desespero do adversário que se afunda em crise que ainda não venceu nesta Série B. Mas, o grande defeito da equipe segue sendo o mesmo 2017 que ao abrir o placar se fecha todo chamando o adversário para cima.

Elenco

Em um campeonato longo como é a Série B, ter elenco é fundamental para brigar na parte de cima da tabela. E o Tigrão mostrou até então a força do mesmo. Wellington Reis saiu machucado e Moacir o substituiu muito bem, dando boa consistência no time, o volante fez uma boa partida e ainda carimbou o travessão adversário.

A equipe se mostra cada vez mais unida e fortalecida, Elias destaque nas duas últimas partidas teve uma atuação discreta, mas porém Alan Mineiro mostrou porque voltou ao Vila e que quando um não vai bem, outro resolve a partida. Mateus Anderson que apesar do gol perdido vem mostrando evolução desde início da Série B.

A equipe se mostrou ser forte não só em grupo, mas também no individual. Mesmo o discurso sendo a permanência, o Vila Nova vem forte na briga pelo acesso.

Próxima Batalha 

O Tigrão volta a campo no próximo domingo (13), contra a Ponte Preta no estádio Serra Dourada às 16h00, onde busca se manter na liderança da competição nacional.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.