Header Ads

Em empates com gols, Ponte Preta e Oeste saem prejudicados

Na noite deste sábado (2), o Oeste enfrentou a equipe Ponte pretana fora de casa, buscando sua terceira vitória na competição. O time da casa, por outro lado, tentava diminuir a pressão  colocada pelo torcedor.

O Rubrão, como em todo jogo fora de casa, ficou retrancado e esperando o time mandante tomar atitude. Nos primeiros momentos, só deu Ponte. Aos 14', o Oeste teve um erro na saída da bola e Lucas Mineiro ficou com a posse, avançou e fez um cruzamento na para Roberto, que se jogou em direção a bola, mas bate mal e para fora, primeiro perigo de gol para o time da casa. Logo depois, a Macaca teve outra chance, Danilo Barcelos cobrou o escanteio na segunda trave, Andrés Castro subiu mais que a marcação e mandou de cabeça, a bola passou perto do gol de Tadeu. 

A Ponte não queria chegar a sua quinta derrota e pressionava em busca do resultado. Aos 23' Danilo Barcelos bateu escanteio de novo na segunda trave, mas dessa vez Reginaldo foi quem apareceu para cabecear e ver Tadeu fazer uma grande defesa. Na sequência, Paulinho achou Júnior Santos na área, que passou pelo primeiro marcador e chutou, porém foi travado por Patrick. 

A primeira chance do Oeste só foi sair aos 31' do primeiro tempo, quando Danielzinho achou Mazinho para finalizar. Ivan salvou a Ponte Preta com a perna. Oito minitos depois, o Rubrão bombardeou a zaga da Ponte. Primeiro com Léo Artur de falta. A bola desviou no meio da área e Ivan fez a defesa em dois tempos, mandando para ao escanteio. Na cobrança, a bola passou por toda a área e chegou em Leandro Amaro, que cabeceou. Ivan conseguiu fazer a defesa, mas não conseguiu evitar o rebote. Rodrigo Souza apareceu sozinho e não desperdiçou, fazendo Oeste 1x0 Ponte Preta, no Moises Lucarelli.



(Créditos: Fábio Leoni/PontePress)
No segundo tempo a Ponte resolveu fazer alterações na sua equipe, o volante Lucas Mineiro foi substituído pelo meia Murilo Henrique. 

O primeiro lance perigoso desta etapa, saiu novamente do time da casa, quando Roberto encontrou Igor sozinho e o lateral da Ponte invadiu a área e chutou na rede pelo lado de fora. Aos 16' Oeste resolveu mudar, o volante Betinho deu lugar ao atacante Bruno Lopes. Logo em seguida a Ponte Preta chegou ao gol. Os chutes de fora da área finalmente surtiram o efeito esperado. Murilo recebeu no meio de campo e arriscou do meio da rua. A bola viajou e entrou no cantinho de Tadeu, que não teve o tempo para tentar desviar a bola. Tudo igual no Moises Lucarelli.

Aos 30', os mandantes tiveram uma chance de virar o placar após uma cobrança de escanteio. Roberto apareceu na primeira trave, desviou com o calcanhar e a bola foi parar na trave de Tadeu. Aos 34' "o dono do jogo" foi para ao ataque de novo, Danilo Barcelos recebeu na esquerda e cruzou para a área. Júnior Santos lá no meio, se jogou em direção a bola, mas não pegou bem e a bola subiu. 

O Oeste quase ficou na frente de novo aos 39', quando Mazinho tocou para o Rafael Ratão na entrada da área e o camisa 23 chutou, Ivan fez a defesa em dois tempos.


Fala, Colunista!: Já estou cansado de vir aqui falar a mesma coisa. Vir mais uma vez dizsr que  o Oeste empatou fora de casa e não conseguiu vencer. Roberto Cavalo precisa parar de mudar o time, ao mudar o esquema tático e fazer um 'Rodízios de jogadores', o time desentrosa. Então é melhor deixar o Lídio na zaga no lugar de Leandro Amaro e deixar o esquema tático como deixa em casa, jogando para cima, porque se ficar só na retranca fora de casa a gente não irá vencer.

Próximo jogo do Oeste é nesta terça, às 21:30, na Arena Barueri, contra o Brasil De Pelotas.

#PraCimaRubrão

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.