Header Ads

No caldeirão alvinegro, Ceará bate o Fluminense e vence a segunda no brasileiro

Deu certo novamente, a combinação Ceará, Lisca e Presidente Vargas segue beirando a perfeição e o vovô conseguiu sair de campo mais uma vez vencedor, com um golaço de Leandro Carvalho.

A maioria dos torcedores cobravam maior ofensividade do Ceará, o nosso treinador que de doido não tem nada montou a equipe no gosto da torcida e o resultado foi uma vitória com futebol vistoso e acima de tudo convincente. O nosso problema de transição hoje sumiu, os estreantes Juninho Quixadá, Jown Cardona e Leandro Carvalho deram maior mobilidade ao meio e ataque, assim aumentando a produção ofensiva da equipe comandada por Lisca.
Leandro Carvalho estreia e marca o gol da vitória. FOTO: Mauro Jefferson/CearaSc
Dos que estrearam precisamos falar com destaque de Juninho Quixadá, quem diria que um cara da casa e vindo da Série D (isso, você não leu errado) ditasse o ritmo contra um adversário do topo da tabela e saísse de campo aplaudido. No primeiro tempo, além da entrega, teve duas ótimas oportunidades, na primeira carimbou a trave e na segunda acabou chutando por cima da meta, ainda devemos computar a ele a bela assistência para o único gol da partida, o lançamento para Leandro Carvalho foi preciso. Falando em Leandro, mostrou que segue tendo a velocidade como seu ponto forte, ajudou na recomposição e quando era acionado ao ataque buscava encontrar espaços na defesa tricolor, o gol foi uma pintura, deixou o Gum sem pai e nem mãe, passou por mais um defensor e colocou no canto do goleiro. Por fim, a tão esperada primeira partida de Cardona, ele não lembra nem de longe o futebol do seu conterrâneo que não sei por que segue no Ceará, afinal movimenta-se e coloca muita intensidade no jogo.

Foi uma partida perfeita, defesa, meio e ataque funcionaram e o time diferente do que ocorreu diante o Sport (uma vitória nos trancos e barrancos) mereceu sair de campo vencedor. O torcedor gosta de ver a entrega, a raça e hoje a vontade de atacar o adversário. Sabemos que muitas das vezes iremos pegar adversários que devemos nos preocupar em propor um jogo mais reativo, mas dentro da nosso terreiro quem deve mandar é o vovô. Hoje descobrimos um novo Ceará, uma equipe que bateu de frente com um adversário complicado (alias na serie A todos são) e saímos de campo com os três pontos e principalmente com a alto estima elevada.

Único ponto negativo da partida foi a péssima atuação do arbitro paulista Leandro Bizzo Marinho, logo aos nove minutos da primeira etapa Tiago Alves teve a camisa puxada dentro da área, um pênalti claro não marcado. Cinco atletas alvinegros foram advertidos com cartão amarelo, enquanto apenas Gilberto levou cartão, sendo esse no final da partida e o Fluminense fez diversas faltas duras. Para encerrar, ainda teve o um minuto a mais de acréscimo no segundo tempo, sem ter acontecido absolutamente nada para justificar tal feito.

Fizemos mais uma vez o Presidente Vargas o nosso caldeirão, o torcedor aos poucos vai abraçando novamente o time e jogando junto com ele, foi lindo ver a massa empurrar os jogadores na arquibancada e dentro de campo a resposta acontecer. Cada jogo é uma decisão, vencemos mais uma, a luta é árdua, ninguém disse que seria fácil, é focar na próxima partida e pensar novamente em outro bom resultado. Ah, saiu do hospício tem que respeitar, Lisca doido é Ceará.
Lisca e torcedor, a união que tem tudo para dar certo novamente. FOTO: Mauro Jefferson/CearaSc
Próximo Jogo

O alvinegro retorna a campo no próximo domingo 05/08 as 16 horas diante o Paraná na Vila Capanema, para esse duelo contra um adversário direto na luta contra o rebaixamento o vovo não terá o lateral direito Samuel Xavier suspenso pelo terceiro cartão amarelo, por outro lado teremos o retorno de Richardson.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 1 X 0 FLUMINENSE

CEA: Everson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio (Eduardo Brock), João Lucas, Edinho, Fabinho, Jown Cardona, Juninho Quixadá (Felipe Azevedo), Leandro Carvalho (Calysson) e Arthur. T: Lisca

FLU: Julio Cesar, Gilberto, Gum, Digão,Ayrton Lucas, Richard, Jadson (Luciano), Mateus Norton, Sornoza (Everaldo), Junior Dutra (Matheus Alessandro) e Pedro. T: Marcelo Oliveira

CARTÕES AMARELOS: CEA: Samuel Xavier, Fabinho, Edinho, Jown Cardona e Juninho Quixadá / FLU: Gilberto

CARTÕES VERMELHOS: Não houve

GOLS: Leandro Carvalho (40 1T)

PÚBLICO: Pagantes: 11.119 / Total: 11.322

RENDA: R$ 101.067,00

Por Davi Maia / @davims 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.