Header Ads

Tão perto, mas tão longe...

São Paulo é derrotado em Porto Alegre e perde a chance de assumir a liderança na 15ª rodada



Em uma rodada onde todas as equipes que lutam em busca da liderança, tropeçaram, o Tricolor também tropeçou e perdeu por 2 a 1 em Porto Alegre, contra o Grêmio. O São Paulo sabia que ao voltar da pausa da Copa do Mundo iria ter pela frente quatro jogos complicados. Desses quatro, três se passaram: dois com vitórias e agora contra o Grêmio, ocorreu a primeira derrota desde a volta (a segunda no Campeonato). 

Sem nenhum suspenso e com a volta de Everton, Aguirre apostou na mesma equipe que jogou contra o Flamengo no Maracanã. Tudo indicava que daria certo, o Tricolor do Morumbi fez o gol aos 3' do 1º tempo, com Diego Souza, após saída errada de Geromel. Entretanto, foi a pior coisa que poderia ter acontecido. Ao fazer o gol no início da partida, o time "tirou o pé" e após 15' do 1º tempo já estavam todos recuados. Apenas o Grêmio jogou. E aos 47' Everton nas costas de Militão, chutou, Sidão aceitou e o Grêmio empatou o placar. Na segunda etapa, o São Paulo tentou ficar mais com a bola do pé, chegou pouco, mas levava perigo. Porém, mais uma vez nas costas de Militão, o Everton apareceu e virou para o time gaúcho. Com 3 já amarelados e suspensos para a próxima partida (Militão, Hudson e Arboleda), Aguirre decidiu poupar Nenê e Reinaldo, que também estavam pendurados, colocando Carneiro e Brenner, respectivamente, indo para "o tudo ou nada". Diego e Carneiro começaram a inverter a posição para tentar confundir a zaga gremista, mas dessa vez a "invenção" de Diego Aguirre não funcionou e o Tricolor perde sua invencibilidade de 6 partidas.

Com esse resultado o Tricolor permanece na vice-liderança com 29 pontos. O próximo jogo é contra o Cruzeiro, em Minas Gerais, domingo (29/07), às 16h.

FICHA TÉCNICA
Local: Arena do Grêmio - Porto Alegre
Gols: Everton  (2) (GRE); Diego Souza (SAO)
Cartões amarelos: Leonardo, Kannemann, Cícero e Ramiro (GRE); Militão, Arboleda, Hudson, Rojas e Everton (SAO)
Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha (RJ), auxiliado por João Luiz de Albuquerque (RJ) e Thiago Henrique Farinha (RJ)

GRÊMIO 
Marcelo Grohe; Leonardo (Thaciano), Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon (Jailson), Cícero e Ramiro; Luan (Marinho), Jael e Everton. Técnico: Renato Gaúcho

SÃO PAULO 
Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo (Brenner); Hudson, Liziero e Nenê (Carneiro); Rojas (Lucas Fernandes), Diego Souza e Everton. Técnico: Diego Aguirre

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.