Header Ads

Defesa em melhor fase da Série B, mas ataque continua incapaz

Mais um jogo que a defesa faz um excelente jogo, mas é mais um que o ataque não consegue aproveitar as chances e a equipe perde a chance de conquistar uma excelente vitória. Em campo eram duas das equipes que mais trocam passes na Série B. Obviamente que o momento vivido pelas equipes na competição é bem diferente, já que um está no G4 e o outro estava no Z4.
Os dois times tiveram chances reais de marcar gol, o Galo esteve mais próximo na primeira etapa, no segundo tempo até chegou, mas o Figueirense após a expulsão de Conceição começou a ter muito mais volume de jogo. Mas isso se deu por conta da diminuição da intensidade do Galo, que de 228 passes trocados na primeira etapa, caiu para 133 na segunda.

Foto: Figueirense FC
João Carlos foi bem exigido, fez boas defesas e pôde evitar o pior. A defesa novamente faz uma partida contando com a boa fase, mas além de tudo a sorte. Houve momentos de falha técnica dos jogadores do Figueirense ao finalizar, como também houve mérito nas interceptações dos jogadores do Galo.
Mas a boa fase da defesa, que poderia ser de certa forma a precursora do que o ataque poderia fazer, não tá contando com essa sorte. Diferente dos últimos anos, o ataque do CRB nunca foi tão ruim em números quanto agora. Desde que o Galo voltou pra Série B em 2015, essa vem sendo a menos produtiva em gols. Foram apenas 15 gols marcados, em 2017 foram 19, em 2015 foram 21 e em 2016 foram 29. Todos estes em 19 partidas.
E diferente das duas últimas edições, onde a defesa do Galo marcava gols mas falhava atrás, este ano somente três gols foram marcados por jogadores do sistema defensivo.
O empate contra o Figueirense nos fez dormir fora da zona de rebaixamento com 21 pontos, mas agora devemos fazer história. Nunca o CRB fez um segundo turno melhor que o primeiro nestes anos de Série B, e para não cair para a Série C, este tabu deverá ser quebrado.

Contratações

Nas últimas horas foram especulado nomes que poderiam reforçar o CRB no restante da Série B. Primeiro se falou na vinda do zagueiro Thales, mas não aconteceu. Depois Jackson Caucaia, também não veio. Renan Oliveira ainda pode fechar com o Galo, e agora dois novos nomes surgiram na lista, que são Caio Dantas e Felipe Augusto, ambos do Botafogo/SP. Quem acompanha o site sabe que são dois jogadores do meu agrado e que gostaria muito de que viessem para cá. Estou organizando uma lista com mais de 60 nomes que poderiam reforçar o CRB para a próxima temporada, Caio e Felipe estavam inclusos. Se vierem antes, melhor. E se ficarem para 2019, melhor ainda.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.