Header Ads

Como saber se seu time é bem (ou mal) treinado?


(Alexandre Vidal/Flamengo)

Nessa conversa de surdos que é o futebol no Brasil, o tempo todo se veem jornalistas falando mal de técnicos, torcedores falando mal, diretores falando bem e os técnicos (obviamente) valorizando o próprio trabalho.

Mas tem também aquele casos de técnicos em que alguns trabalhos que são divididos entre o bom e o horrível na discussão do mundo do futebol. Quais são os critérios então?

Quando se fala em time bem ou treinado, estamos falando do modo como a equipe se porta no campo. A parte emocional e comportamental da equipe também é trabalho do treinador. Porém "bem treinado" ou "mal treinado" são adjetivos que se referem ao campo. Sendo assim, vamos aos elementos clássicos de times bem treinados.

E aqui cabe um adendo. Os pontos que discutirei a seguir são pontos que independem do modelo de jogo de uma equipe. Isto é, uma equipe pode ser defensiva ou ofensiva, jogar com a bola ou sem a bola, agressiva ou passiva, jogar pelos lados ou pelo centro, com ligação direta ou saindo com passes, com cruzamentos ou com infiltrações. 

Então vamos a 5 pontos importantes.

1) Os jogadores da equipe precisam estar próximos.

O futebol é um jogo de preenchimento e aproveitamento de espaços. Jogadores próximos  facilitam o aspecto defensivo, já que é mais difícil passar por menores espaços, e o ofensivo, na medida em que se os jogadores estão próximos a troca de passes é mais rápida e sempre se tem opção de passe.

Um time sem jogadores próximos deixa espaços muito grandes no campo, entre as linhas e entre os jogadores. 

Como identificar isso: Vendo o jogo, procure ver a distância entre as linhas e entre os jogadores. É frequente que o time adversário ache clarões no meio do seu time onde não há nenhum ou poucos jogadores combatendo a bola? É frequente que os jogadores do seu time façam passes longos? É comum que demorem um tempo para achar um companheiro que possa receber a bola? Passes de primeira quase não acontecem?

Se a resposta for sim, seu time é mal treinado.



2) As transições são rápidas e bem feitas

Transição é a passagem do momento ofensivo para o defensivo ou o contrário. É o famoso voltar para marcar ou subir o time.

No futebol de hoje, quando o time tem a bola todos devem avançar e quando não tem todos devem voltar. Quando a transição defensiva é bem feita o time tem mais capacidade de se defender. Quando a ofensiva é bem feita é mais fácil aproveitar os espaços deixados pelo adversário.

Como identificar isso: vendo o jogo, preste atenção nesses momentos. É frequente que seu time tome contra ataques em que o adversário tenha mais jogadores que a sua defesa? É comum o comentarista dizer que o ataque não volta para marcar? É comum que seu time tente contra-atacar mas que os jogadores voltem a jogada toda para a defesa ou até pro goleiro, porque não acharam ninguém para tocar a bola?

Se a resposta for sim, seu time é mal treinado.

3) Os movimentos dos jogadores precisam fazer sentido.

Esse ponto serve mais pro ataque do que pra defesa. No ataque, as posições que os jogadores ocupam no campo costumam variar um pouco mais, principalmente os da frente. Costuma-se dar a eles maior liberdade. No entanto, ainda assim, é necessário que em conjunto os movimentos façam sentido. 

Por exemplo: faz sentido que o time trabalhe a jogada até o lateral cruzar na área, sendo que não tem ninguém na área para cabecear?

Como identificar isso: os jogadores do seu time ficam frequentemente pensando muito tempo no que fazer com a bola e no final simplesmente tocam pro companheiro do lado? O ataque só toca a bola sem grandes objetivos? É comum jogadores tomarem decisões que não influenciam nada no jogo?

Se a resposta for sim, seu time é mal treinado. 

4) A equipe precisa ter diversidade de jogo

De novo, esse ponto serve mais para o ataque. E é bem simples. Todo time deve ter mais de uma forma de buscar gols e depender menos da aleatoriedade. Exemplo maior disso são os times que jogam com muitos cruzamentos. Geralmente são times pouco criativos que, ao não verem outra opção, alçam a bola na área de qualquer maneira. Caso enfrentem um adversário que se defende bem desse tipo de jogada, os jogadores precisarão encontrar outra maneira de atacar. Caso isso já não seja planejado, a chance de sucesso é bem menor

Como identificar isso: seu time faz gols sempre do mesmo jeito? Nas estatísticas de gols, um tipo de gol aparece muito mais do que os outros? Seu time deixa de vencer os jogos porque não consegue fazer o gol derradeiro? Com um a mais em campo ainda assim tem dificuldades para achar os gols?

Se a resposta for sim, seu time é mal treinado.

5) O time precisa ter superioridade  numérica no meio de campo. 

Importante tanto para a defesa quanto pro ataque. A base do jogo de futebol é ter mais jogadores do que o adversário nos diversos setores do campo. Se você tem mais jogadores que seu adversário você domina aquele setor e passa mais fácil por ele. Os meias controlam o jogo e ligam defesa e ataque.

Como identificar isso: seu time costuma ter um meio que não fica muito com a bola? costumam haver buracos e a bola ficar muito tempo na defesa e pouco no ataque?

Se a resposta for sim, seu time é mal treinado.

Esses são 5 dos principais. Existem ainda outros sinais disso.

Um deles é a grande máxima. "Time bem treinado faz jogador ruim parecer bom. Time mal treinado afunda bom jogador.". No time bem treinado o jogador ruim tem opções de passe rápidas e é mais raro que erre jogadas simples. No time mal treinado o jogador bom fica sem opções de passe ou de drible, e fica mais refém do time.

São apenas algumas observações para ficarmos atentos de fato tanto aos nossos técnicos quanto as análises sobre ele.

Nesse caso, sendo uma coluna sobre o Flamengo, fica aqui meu FORA ABEL com todo o vigor do meu ser, mesmo após vitórias.

No mais,
Saudações rubro-negras.

PS: Se quiserem mais textos como esse, deem-me feedbacks.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.