Header Ads

FLAMENGO VENCE FRANCA E FORÇA JOGO 5 DAS FINAIS DO NBB

Por Nestor Ahrends


Jogo decisivo acontecerá no próximo sábado no Ginásio Pedrocão, em Franca

O Flamengo superou o Franca por 76 x 52 na tarde do último sábado (01/06), no Maracanãzinho, e forçou o jogo quinto e decisivo da final do NBB. Em uma partida com pouco brilho técnico de ambos os lados, a equipe carioca, com a obrigação de vencer, contou com o destaque de dois dos seus jogadores mais experientes: Marquinhos e Anderson Varejão, cestinhas da partida, com 25 e 19 pontos, respectivamente. Já o Franca, não conseguiu repetir as duas últimas atuações que teve jogando em casa, que lhe renderam vantagem até o jogo de hoje. O atual campeão paulista perdeu a oportunidade de se sagrar campeão no jogo 4 deste sábado, quando obteve pouca efetividade ofensiva – não conseguiu chegar aos 20 pontos em nenhum dos quartos – e dificuldades para ganhar rebotes ofensivos e defensivos. O jogo final será no próximo sábado (08/06) às 14h30, no Ginásio Pedrocão, em Franca.

O jogo
A disputa começou com a equipe do Flamengo sendo comandada pelo ala Marquinhos, com maior controle da partida e em cima do time do interior paulista, abrindo 10 x 2 no placar. Apesar de terminar o primeiro quarto atrás no placar (16 x 19), o Franca melhorou na segunda metade dele e chegou a tomar a frente da partida, muito por causa da boa atuação do ala-pivô Lucas Dias. Já no segundo período, o jogo foi muito equilibrado e a equipe rubro-negra conseguiu ampliar um pouco sua vantagem apenas no final, fechando o primeiro tempo na frente por seis pontos, 33 x 27.
Marquinhos rege ataque, Flamengo vence o Franca e força jogo 5 decisivo na final do NBB
Marquinhos novamente foi decisivo para o Flamengo (Foto:Marcelo Torres/GE)
O segundo tempo começou assim como o primeiro, com o Flamengo bem no jogo e o Franca apático e com muitos erros individuais. A equipe paulista marcou seu primeiro ponto no quarto somente após 4 minutos e 25 segundos jogados, o que evidencia o desempenho abaixo do esperado do time do técnico Helinho Garcia. O jogo ganhou tensão, com chegadas mais duras das duas equipes, o que ficou claro em uma confusão envolvendo jogadores e comissão técnica, resultando em duas faltas técnicas para o Flamengo (Marquinhos e Balbi) e uma para o Franca (André Goés). Porém, desta vez a equipe do Franca não reagiu, diferentemente de Anderson Varejão. O pivô, que fez um primeiro tempo apagado, errando bandejas e encontrando dificuldades no garrafão, cresceu no terceiro quarto e mostrou porque jogou no melhor basquete do mundo, anotando 13 pontos e se transformando no cestinha da partida até aquele momento. Assim, a equipe comandada pelo técnico Gustavo de Conti entrou no último quarto vencendo por 56 x 44.
Resultado de imagem para nbb
Varejão jogou muito bem (Foto:O Tempo)
Com uma vantagem de 12 pontos, o jogo retornou parelho no quarto decisivo, mas Marquinhos voltou a aparecer para ampliar ainda mais a vantagem rubro-negra. A partir daí, a equipe mandante passou a administrar o resultado, tirando a intensidade do jogo, e saiu de quadra com uma bela vitória.

Apesar de estar pressionado por poder perder o título em casa, a equipe do Flamengo, impulsionada pelos mais de 5 mil torcedores presentes no Maracanãzinho, soube controlar bem o jogo. O time de Gustavinho evolui muito defensivamente em relação aos jogos em Franca, forçando erros individuais da equipe paulista e ganhando a maioria dos rebotes não só defensivos, mas também ofensivos. O último jogo da temporada poderá dar ao time carioca o 6º título em 11 anos de NBB, enquanto o Franca busca o seu primeiro troféu do novo formato, sendo o maior campeão dos antigos campeonatos brasileiros de basquete.

Ao final da partida, o técnico Gustavinho exaltou o desenvolvimento defensivo da sua equipe, destacando desde os rebotes no campo de ataque até a marcação forte em Lucas Dias, que vinha se destacando nas finais. Além disso, citou sua experiência e bom aproveitamento em jogos 5 de NBB, no qual só perdeu um em nove disputados, contando também jogos do campeonato paulista, quando era técnico do Paulistano. O treinador do Flamengo ainda relembrou o histórico recente do Franca jogando em casa e mandou a pressão para a equipe de São Paulo: 

“Acho que está muito nítido de quem é a responsabilidade de ganhar o campeonato, de quem investiu bastante essa temporada e colocou muito dinheiro. E os últimos jogos decisivos que eles (Franca) tiveram no Pedrocão não foram dos melhores. Foram eliminados duas vezes no campeonato paulista, perderam Super 8 e Liga Sul-Americana esse ano... Enfim, esse histórico talvez nos ajude”, afirmou Gustavinho.

Já o técnico Helinho, disse que sua equipe precisa melhorar defensivamente para ser mais efetiva no ataque, ganhando rebotes na defesa para que chegue com mais ritmo no campo ofensivo. 

“É fundamental termos uma defesa consistente, porque a partir do momento que temos a bola em mãos, a gente dita o ritmo do jogo, e isso será muito importante para sairmos com a vitória lá em Franca”, disse o técnico do time paulista. 
Helinho falou com a imprensa pós jogo (Foto: João Eduardo Gurgel/Arena BR Web)
Da mesma forma, o armador Alexey tem uma visão parecida com a de seu treinador e acredita que o Franca deve diminuir erros individuais e ter menos bolas perdidas, para trocar tais falhas por arremessos.

Um dos mais antigos da equipe carioca, Olivinha afirmou que o time irá para o jogo 5 com uma confiança muito maior depois da partida deste sábado, em que, segundo ele, deu tudo certo e o time conseguiu colocar em quadra tudo que o técnico Gustavo havia pedido. O ala-pivô exaltou a torcida rubro-negra, que cantou seu nome durante algumas vezes na partida: 

“Isso é uma coisa que me deixa muito orgulhoso. Eu sempre tento colocar meu coração dentro da quadra, tento fazer com que minha energia e intensidade façam com que a torcida fique do nosso lado e nos apoiem cada vez mais”, disse o jogador de 36 anos. 

No final, Olivinha falou da “dinastia” do Flamengo na primeira década do NBB, que venceu cinco das dez edições, e que a equipe irá para Franca com todas as forças, para conquistar mais um título e aumentar a sala de troféus rubro-negra.
Olivinha sempre com muita garra (Foto:Terra.com)

3 comentários:

Tecnologia do Blogger.