Header Ads

Isso aí é Flamengo

Entrada criminosa de Cuellar em Marcinho - Reprodução da TV Globo

Jogo disputado, 5 gols, estádio lotado e erros de arbitragem podem definir o que foi o Flamengo e Botafogo deste final de semana.

3x2 para o nariz, que conseguiu virar o jogo por méritos da qualidade de seus jogadores (Rafinha, que estava de férias há alguns anos na Europa, teve uma atuação de destaque) mas também com uma ajuda do apito, o que não surpreende. A entrada de Cuéllar em Marcinho (que poderia ser corrigida pelo VAR, já que ele pode mudar a cor do cartão), a falta de Rafinha em Alex Santana, que poderia ter o segundo cartão amarelo aplicado e a falta de Gabigol em Jonathan (além de seu showzinho ao arrancar a bandeirinha) que também seria motivo de expulsão, não aconteceram. 


Raphael Claus esqueceu o vermelho em casa e prejudicou o resultado. 

O jogo

Desde o início a partida foi movimentada. Logo aos 15 minutos, após lesão de Rodrigo Caio (que zica, hein, Mengão?) em escanteio, Cícero abriu o marcador para o Fogão de cabeça. E a partir daí, só deu Flamengo no 1º tempo. Depois de muita pressão, Gerson empatou em um belo gol de fora da área.

No 2º tempo, o Botafogo foi quem chegou primeiro. Com jogadaça de Diego Souza, Pimpão perdeu um gol na cara, desses que atacante nenhum pode perder. 

Logo após, aos 10 minutos, o Rubro-Negro carioca virou o jogo com gol de Gabriel, em uma bela jogada. Foi a vez então do Botafogo chegar mais, atacando e levando perigo ao adversário. 


Foi quando em uma falta, aos 20 minutos, DS7 conseguiu o empate. Um golaço do meio da rua. Pouco depois, em mais uma grande jogada de Rafinha, o Cheirinho desempatou com Bruno Henrique.

O que fica do jogo é que, por mais que tenha sido derrotado, o time jogou bem e pode se permitir a sonhar uma classificação, por mais difícil que pareça ser, na quarta-feira. Se jogar na mesma intensidade que jogamos ontem, temos chances. Que Garrincha e Nilton Santos nos abençoem.

Saudações alvinegras!

Twitter: @guiabizaid

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.