Header Ads

A bola pune

Foto: Bruno Cantini/Atlético MG
Eu estava com saudade do Galo em campo. E ela aumentou com o fato do jogo de hoje, contra o CAP, não ter sido transmitido pela TV. Tive que ouvir no rádio.

E à medida em que Papagaio ia perdendo gols por atacado, eu ficava mais feliz por não ter imagens daquela desgraça. Mais uma vez, o Galo teve um bom desempenho, mas pecou nas finalizações. O resultado foi aquele velho clichê do futebol: "a bola pune". Vitória do CAP por 1x0.

Se por um lado é louvável a melhora da equipe na transição e criação de jogadas, por outro é inadmissível essa cambada de salafrário treinar por uma semana inteira e não acertar

UM
CHUTE
SEQUER
NO GOL

É um crime federal o Chará, que custou vários milhões ao Galo, perder um gol bisonho e consagrar o goleiro adversário, o já citado Papagaio chutar igual uma baleia encalhada no oceano em uma sexta-feira santa, enfim... Nem vou citar o Cazares, porque eu não ouvi o nome dele sendo citado pelo narrador em nenhum momento na partida. Sério mesmo.

Estamos em agosto e o Galo ainda não consegue ser um time coeso. Quando é bom na defesa, o ataque falha. Quando é bom no ataque, a defesa ou o meio-campo é fraco. Time que quer ser campeão, não pode jamais jogar dessa forma, como se tivesse algo faltando. O Atlético precisa ser completo em campo, pois a Sul-Americana vem aí.

Beijos.

Twitter: @victokkk

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.