Header Ads

É melhor Jair marcando gols

Foto: Flickr Atlético/Bruno Cantini
Em minha modesta opinião, o Galo vive sua melhor fase no ano, tecnicamente falando. Depois de alguns meses, a equipe finalmente faz jogos convincentes, sendo superior aos adversários, criando mais chances, posse de bola maior etc.

No entanto, estamos com um problema grave para transformar todo esse volume de jogo em gols e resultados positivos, haja vista o empate contra o Fortaleza e derrota para o CAP.

Prova dessa deficiência é o fato de que o Atlético não vence uma partida por mais de dois gols de diferença desde o mês de junho, quando bateu o CSA por 4x0.

Pior que isso, nossos centroavantes estão em crise. Ricardo Oliveira até desencantou recentemente, mas não voltou a ser unanimidade. Além do Pastor, Alerrandro tá na seca, Di Santo é incógnita e o Papagaio é o Papagaio. Sério, quem pensou que um sujeito chamado Papagaio ia dar certo no futebol?

A fase dos nossos homens de referência é tão ruim que o Galo precisou dos volantes, Jair e Elias, para vencer o La Equidad, na última terça-feira, pela Copa Sul-Americana. Ricardo Oliveira acertou a trave e Alerrandro foi nulo quando entrou na partida.

Eu sinceramente não sei o que acontece. Parece que de uma hora para outra os caras desaprenderam a jogar. Só sei que precisamos deles com o pé na forma urgentemente, pois o São Paulo já tomou nossa vaga no G4 e a Sul-Americana tá afunilando cada vez mais.

Beijos.

Twitter: @victokkk

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.