Header Ads

Está na hora de Crescer

(Divulgação: Rádio Grenal)


Sou torcedor do Fluminense. Sempre fui fanático pelo Tricolor e sempre discutia com meus colegas na escola sobre futebol. Quando a discussão se acirrava, era comum que algum deles falasse: "ahhh, tricolor é tudo viado".


Na minha infância essa colocação realmente me abatia, hoje tenho vergonha desse meu sentimento mas relevo pela minha pouca idade na época.

Não estou aqui para me vitimizar. Nas discussões, enquanto me chamavam de "viado" eu retrucava, lamentavelmente, chamando o meu interlocutor da mesma palavra "viado"ou "mulambo". Os flamenguistas sofriam da minha parte outro tipo de preconceito igualmente condenável.

Felizmente, cresci, me tornei educador e agora percebo o quão ridículo eu era quando discutia sobre futebol com meus colegas de classe. Parece que o ambiente dos estádios de futebol precisa crescer também.

Homofobia não é "mimimi". Vivemos em um país que registra uma morte por homofobia a cada 16 horas. Enquanto você lê essa crônica, fatalmente, um ser humano está sendo assassinado por amar outra pessoa.

Enquanto o racismo estava sendo combatido, mesmo que timidamente, nos estádios desse país, a homofobia era tolerada como sendo uma espécie de "brincadeira saudável. "Brincadeira" que só serve pra cimentar o preconceito na estrutura da sociedade brasileira.

Eu não lamento por aqueles que afirmam que o futebol está ficando "chato" devido a paralisação da partida devido aos gritos homofóbicos, não lamento por aqueles que só conseguem torcer tentando depreciar a torcida do seu adversário, não lamento por aqueles que acham que ser chamado de homossexual é um ataque a sua honra.

Eu lamento, sim,  por aqueles que todos os dias têm que enfrentar preconceitos vindos de "Jovens Tiagos" e a sombra da morte, sem saber se poderão viver mais um dia para amar e torcer.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.