Header Ads

Tem que valorizar a Sul-Americana sim!

Foto: Twitter do Atlético
Muita gente fala que a Copa Sul-Americana é a segunda divisão da Libertadores, que só se importa com ela quem participa, enfim.

Bem, é verdade.

No entanto, desde 2010 a Sul-Americana dá vaga para a Libertadores. Se tratando de um mata-mata e do time limitado que temos, é uma ótima chance de chegar a principal competição de clubes da América.

Outro ponto importante: como todos já sabem, futebol é dinheiro. E uma ótima forma de fazer dinheiro é ganhar títulos. Só por chegar às semifinais, o Galo embolsa mais de R$ 3 milhões em premiação. Caso elimine o Colón-ARG nas semifinais e conquiste o título, serão mais R$ 16 milhões nos cofres alvinegros. Para quem está em aperto financeiro como o Atlético está, quantias como essas são mais do que essenciais.

Chará e o "Gol Marina Silva": só aparece
de quatro em quatro anos.
Foto: Uol Esporte/Bruno Cantini/Atlético-MG
Ainda falando de grana, a conquista da Sul-Americana pode representar receitas substanciais em vendas de jogadores. Time campeão automaticamente valoriza jogadores e isso pode render bons frutos ao Galo.

Além disso, eu quero gritar "campeão". O Galo não ganha absolutamente nada desde o Campeonato Mineiro de 2017. E título importante mesmo não vem desde a Recopa Sul-Americana de 2014. A Sul-Americana pode ser menosprezada pela maioria, mas querendo ou não, é um torneio internacional. E difícil.

Enfim, depois de muitos anos, felizmente, o Atlético percebeu a importância da Copa Sul-Americana e busca conquistá-la. E caso isso aconteça, tem que ser comemorada sim. Porque título é bom e eu gosto.

Beijos.

Twitter: @victokkk

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.