Header Ads

De quem é culpa?

(Foto: Daniel Castelo Branco/Agencia O Dia)

Um clube com milhões de torcedores, berço do futebol no estado do Rio de Janeiro, maior campeão carioca do século XX. Esse é o Fluminense.

Tamanho currículo movimentou mais de 50 mil torcedores até o Maracanã na última quinta-feira. Em campo, muita transpiração e pouca inspiração. Nas arquibancadas, muito sofrimento e desilusão.

Quando a partida terminou e a eliminação do Tricolor foi confirmada apareceram informações que o ex-presidente do Fluminense, Pedro Abad, foi agredido por torcedores presentes no estádio.

Loucura, tortura.

Tricolor, que se dane a nossa postura?

Pedro Abad, apesar de ter cometido uma série de equívocos na presidência do Flu, não pode ser considerado o maior culpado do momento desta agremiação. Mesmo que fosse ele o culpado, nada justifica a agressão.

Então, de quem é a culpa?

A média de público do Fluminense no Campeonato Brasileiro é de 21 mil torcedores. Não é ruim, porém, está longe de estar bom. 

A mobilização de muitos torcedores para o jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana não foi repetida para o jogo de amanhã contra o Avaí.

Tricolor, não finja que eu não tô falando com você.


Parece que ninguém entende o que o Fluzão "tá" passando.

Por que não vai "pro" estádio mais?

Não faça o Fluminense se apaixonar pelo o que ele inventou de você na última quinta-feira.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.