Header Ads

Quase uma 'missão impossível' tirar o Grêmio da Final da Copa do Brasil

O Athetico-PR terá uma missão difícil hoje a noite no jogo contra o Grêmio: fazer pelo menos dois gols no Tricolor em um torneio mata-mata. 

O jogo de ida acabou com uma vitória gremista de 2 a 0, e para avançar para a grande final o Grêmio poderá até perder por um gol de diferença, e o Athletico-PR terá que vencer por dois gols para levar a decisão aos pênaltis ou pelo menos três gols.  
O problema, para os paranaenses, é que o Grêmio não tomou dois gols em nenhuma das 15 partidas que fez na Copa do Brasil e na Libertadores neste ano.
Na Copa do Brasil, os gaúchos só tomaram gol contra o Bahia. Já na Libertadores, em 10 duelos (seis vitórias, um empate e três derrotas), o Grêmio tomou gol em seis partidas. Entretanto, os gremistas sofreram apenas um gol nesses seis embates. Isto é, a solidez defensiva se torna a principal arma do técnico Renato Gaúcho para o confronto. Ainda mais que o time ainda tem o desfalque de Everton ‘Cebolinha’ (suspenso).
Athletico busca um time inédito contra o 'time copeiro' que já tem cinco taças da competição
O Grêmio já disputou oito finais da Copa do Brasil – e venceu cinco. O clube é conhecido como ‘copeiro’. Não à toa, é o segundo maior vencedor da competição. Com cinco títulos, os gaúchos só ficam atrás do Cruzeiro, com seis.
Do outro lado, o Athletico só disputou uma final da Copa. Em 2013, o Furacão perdeu o título para o Flamengo. Agora, o time treinado por Tiago Nunes quer voltar à decisão do torneio após seis anos.
ATHLETICO-PR x GRÊMIO
Semifinal da Copa do Brasil 2019
Data, hora e local: quarta-feira (4 de setembro), às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba.
Onde assistir: Rede Globo (para os estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Na TV fechada, o SporTV exibe a partida.
Athletico-PR: Santos; Khellven, Lucas Halter, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellington e Bruno Guimarães; Nikão, Marcelo Cirino e Rony; Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes.
Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Rômulo) e Matheus Henrique; Alisson, Jean Pyerre e Pepê; André. Técnico: Renato Gaúcho.
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) apita o jogo e será auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Raphael Pires (GO). Já o responsável pelo VAR (árbitro de vídeo) será Braulio da Silva Machado (SC).
Créditos: Pedro H. Tesch/ AGIF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.