Header Ads

O fim no último suspiro

Reprodução: PremiereFC

Na noite de ontem o vila praticamente definiu seu ano, com o empate de 1x1 com o Oeste, o rebaixamento é inevitável. Pela razão, todos sabiamos que era impossível não cair, time não mostrava nenhuma característica importe para grandes viradas, mas o coração ainda batia com esperanças que foram retirados no gol do Oeste nos acréscimos do primeiro tempo.

Nosso técnico não repetiu a escalação que fez um "bom" jogo contra o Sport, fez algumas alteraçõe malucas, como improvisar o pesado Elivelton na lateral, corrigindo isso no intervalo. Em circunstâncias normais eu não falaria que o vila jogou mal, criou algumas chances, principalmente em chutes de longa distância, se movimentou, porém não estávamos em circunstâncias normais, não era possível reverter a situação com um futebol burocrático. 

Não dava para tentar trancar a casa e esperar, era preciso agredir com mais vontade, adiantar as linhas de marcação, apertando a saída de bola, porém grande parte do primeiro tempo aceitamos o Oeste tocar a bola entre sua defesa e meio campo, quando recuperavamos a bola, a transição não tinha velocidade e nem poder de contratação, os chutes na entrada da área eram as melhores armas. 

Até que levamos o gol, falha de marcação, o que também não é novidade. No segundo tempo com a entrada do Elias o time ganhou um novo dinamismo, o meio campo que foi nossa cruz esse ano, pareceu ganhar mais fôlego, e assim saiu o gol do empate e por pouco a virada, que renovaria nossos ânimos. 

O tempo agora é de curar as feridas e nos fortalecermos para o próximo ano, me preocupa a torcida que sempre foi o coração do clube, parece que estamos cansando. Que a nova gestão eleita saiba honrar esse clube e respeite essa cansada torcida, respeito esse que não ganhamos da atual gestão. 

Décio foi eleito presidente do conselho, tem um longo trabalho em reformular e rejuvenescer o conselho, Hugo provavelmente será o presidente executivo, tem o meu apoio e torcida, mostrou excelente trabalho em 2013 e 15, esse ano cometeu erros, mas não julgo como o responsável pelo rebaixamento, ele pegou o Titanic no fundo do mar. 

Mas da mesma forma que apoio, cobro e critico caso seja necessário, estamos cansados da velha política, do disse me disse, dos jogos de interesse, queremos um presidente que nos represente, que trabalhe duro, e principalmente, seja o oposto do que tivemos. 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.