Header Ads

Desabafo de um desgastado esmeraldino

Esperei alguns jogos para que que pudesse fazer esse desabafo. Queria achar o momento certo para fazê-lo e, depois de mais uma derrota vergonhosa como essa, não tive como segurar. Esse é um desabafo de um esmeraldino cansado de tantas decepções e lastimáveis derrotas que vem acontecendo com o nosso time. Gostaria imensamente que esse texto chegasse nas mãos do presidente Sérgio Rassi.


Pra quem não sabe, no ano passado, eu fazia parte de um movimento chamado "Democracia Esmeraldina". Era um movimento que visava obter uma democracia dentro de nosso clube, com a garantia de direito à voto para os sócios-torcedores. Depois de uma derrota desastrosa para o Corinthians, resolvi fazer um protesto na página do movimento pedindo a demissão do treinador Arthur Neto, que todo mundo já sabia que não daria certo no cargo e já era sua terceira derrota consecutiva em três jogos. O Goiás se afundava na zona de rebaixamento e era a hora de agirmos. O problema foi que publiquei na página o número de celular do presidente. Resultado: milhares de torcedores foram xingar Sérgio Rassi em seu número pessoal.

Aquilo me fez mal e me trouxe consequências. Fui expulso de um site que eu adorava escrever, tive meu nome manchado dentro do meu próprio clube e quase levei processo. Ainda está vivo na minha mente o momento em que o sobrinho do presidente me ligou me ameaçando de levar o caso na justiça. Pedi desculpas e assumi meu erro. Sérgio me perdoou e o assunto morreu ali. 

Antes do meu pedido de desculpas, o Goiás soltou uma nota de esclarecimento falando sobre o ocorrido e, é claro, saindo em defesa do presidente. A torcida foi para os comentários e sabe o que reparei? Pelo menos 90% dos esmeraldinos estavam do lado do movimento e queriam ainda falar umas poucas e boas para o presidente, mesmo sabendo que minha atitude foi imoral. Sabe o que acho engraçado dessa situação? Eu fui homem de assumir o meu erro e pedir desculpas. Levantei a cabeça e tentei reconstruir minha vida profissional depois de um episódio triste. Consertei meu erro e aprendi com ele. Sabe o que o Sérgio Rassi não fez? Não fez o que eu fiz. E já tem três anos. Não pediu desculpas para a torcida e não consertou os erros que ele cometeu. Quer dizer, pode até ter se lamentado, mas fez mais promessas e não consegue cumpri-las.


Continua iludindo o torcedor. Continua fazendo do Goiás uma equipe pequena, medíocre, fraca. Continua apostando em treinadores fracos e dirigentes ruins. A diferença entre Sérgio Rassi e eu é que parece que o nosso presidente não quer aprender. Tem medo de assumir o seu erro. Só ele sai prejudicado? Não. Nós todos saímos. Não acha que já sofremos demais, senhor presidente? 

Sérgio Rassi quis me processar por eu ter feito algo que o prejudicasse, porém, ele nunca parou pra pensar o quanto ele prejudica vários esmeraldinos dentro do clube. Fiz do Goiás a minha vida desde que nasci. Não tem nada mais prazeroso do que ir no Serra Dourada e voltar com uma vitória. É dessas vitórias que saem o meu bom humor, a minha alegria, o meu sorriso. Não só meu, mas de vários esmeraldinos. Quando escolhi ser jornalista, vi uma oportunidade não só de fazer o que gosto, mas de poder falar do meu clube, de poder estar mais perto dele e de me sentir parte dele. O problema é que esses últimos anos não tem sido tão bons assim para mim. Só vi derrotas. Derrotas essas que me faziam ficar estressado, deprimido e com vontade de xingar meio mundo. Foi nesse ódio que eu cometi o erro de divulgar o número do presidente. 


Quando me falam que tenho que seguir a vida, largar de futebol, fazer outras coisas, bem que tenho vontade. A questão é que não consigo. Viver sem Goiás, viver sem futebol, não se complementam a minha personalidade, porém, muitos outros torcedores já fizeram isso. O espírito de torcedor deles morre, porque eles estão cansados de se iludir, de serem tratados como lixo. Do jeito que as coisas andam, eu tenho medo de um dia isso acontecer comigo. Não consigo me imaginar desse jeito, mas nós esmeraldinos já estamos sangrando demais, virando chacota nacional e isso é extremamente triste. É pior do que escanteio curto. 

Se por acaso o senhor presidente estiver lendo isso, espero que simplesmente não sinta raiva, mas que se arrependa de verdade. Tome atitudes de verdade. Mande Enderson Moreira embora, pois todos nós já vimos que ele não consegue mais ser o mesmo de antes. Cobre mais de Felipe Ximenes sobre as contratações de peso que nos prometeram e, se ele não conseguir, mande-o embora também. Troque essa preparação física, pois todo mundo já passou pelo Departamento Médico, inclusive Daniel Carvalho, nosso melhor jogador, passou por lá três vezes. Salve o pouco de dignidade que restou do senhor com a torcida esmeraldina. Salve o Goiás de mais uma vexame nessa temporada. Salve seu nome, pois sei que o senhor não gostaria de ser reconhecido como o pior presidente da história.


E que Deus abençoe o Goiás Esporte Clube.

Wagner Oliveira || @wagneroliveiraf
Linha de Fundo || @SiteLF

4 comentários:

  1. Belo texto. Realmente estamos sangrando e muitos torcedores estão desistindo...

    ResponderExcluir
  2. cara penso muito em desisti! por quer cada ano que passa e uma decepção, ai eu digo pra que torce,que eu já sei que vai perde, e lamentável!!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.