Header Ads

FC Porto fica no empate com a AS Roma pelo play-off da UCL

O Futebol Clube do Porto ficou no empate por 1x1 com a AS Roma, no Estádio do Dragão. Os gols foram marcados por Felipe (contra) para os italianos e André Silva de pênalti para o FC Porto. Com um jogador a menos desde o primeiro tempo, os visitantes saíram no lucro com o empate. Já o Dragão terá que fazer gol de todo jeito, na Itália, para passar à fase de grupos da Champions League. Os tripeiros continuam sem perder para os romanos na história.

 Os visitantes começaram com tudo e foram tratando de assustar o goleiro Iker Casillas em várias oportunidades. Em uma delas, o espanhol teve que fazer três defesas. Os italianos eram fortes no jogo aéreo e foi assim que saiu o único gol dos romanos na partida, após escanteio de Salah, o zagueiro Felipe ex-Corinthians tratou de mandar a bola para o próprio gol. Foi a segunda vez na temporada que o brasileiro fez gol contra.

Com o gol da equipe adversária, os tripeiros trataram de atacar, com um pênalti não marcado, os lusos reclamavam bastante da arbitragem, até que no fim da primeira etapa, o zagueiro recém-chegado do Barcelona Vermaelen cometeu uma falta dura no atacante André Silva e recebeu o segundo amarelo. Com isso, a equipe azul e branca criaram algumas chances com Otávio e André Silva no fim do primeiro tempo, mas o jogo ficou mesmo no 1x0, na ida para o intervalo.

André Silva após marcar o gol (Fonte: Site oficial do FC Porto)
Na segunda etapa, os mandantes iniciaram pressionando. Adrian López fez um gol, anulado pelo arbitro, no início do segundo tempo. O Porto arriscava com Telles, Herrera, André Silva e Otávio, mas a bola custava a entrar. Num lance parecido com o do primeiro tempo, onde o arbitro não marcou o pênalti para o Dragão, desta vez ele apitou e assinalou grande penalidade para os tripeiros. André Silva bateu e deixou tudo igual, 1x1.

O tempo passava e o jogo ficava truncado. A equipe portuguesa tentava pressionar, mas parava no muro romano. Muitos cartões e pouco futebol. E assim acabou a partida, com o Porto tentando, a Roma se defendendo e os cartões aparecendo. No final da partida, os torcedores aplaudiram as duas equipes que voltam a se enfrentar no dia 24 de agosto. Tudo se decidirá no Estádio Olímpico de Roma, onde há 13 anos, os portistas garantiram presença na final da Taça UEFA, contra a Lázio. Que viriam a conquistar contra o Celtic, em Sevilha.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.