Header Ads

FC Porto goleia a Roma fora de casa e está na fase de grupos da UCL

Portugueses vencem italianos por 3x0, com duas expulsões do lado romano

O Porto venceu a Roma por 3x0, no jogo de volta pelo play-off da Champions League. Na partida de ida, as equipes ficaram num empate, por 1x1. Nesta terça-feira (23), seria um dia para os Romanos quebrarem o tabu de nunca terem vencido os Dragões, mas não aconteceu. Com gols de Felipe, Layún e Corona; os tripeiros estão na fase de grupos da competição de clubes mais importante do planeta.

A Roma venceu no fim de semana, pelo Campeonato Italiano, a Udinese por 4x0 e vinha confiante enfrentar o Porto. Já os Dragões venceram o Estoril em casa, por 1x0 e o gol veio no fim da partida. Os italianos não puderam contar com Vermaelen (suspenso) e Florenzi (machucado).

No começo do jogo, não foi muito diferente da partida de ida, a Roma já começou assustando. Nos minutos iniciais, Casillas fez uma boa defesa, num chute forte, de média distancia, do Nainggolan. Mas aos oito minutos de partida, Otávio cobrou falta para dentro da área e Felipe por trás da zaga cabeceou, fazendo Porto 1x0. Resultado que já dava a vantagem para os Dragões. O brasileiro, ex-Corinthians fez gol contra no primeiro jogo e no segundo se redimiu fazendo a favor.

De vilão à herói. Felipe marca o gol que abriu o placar no Estádio Olímpico (Fonte: Yahool)
Com o jogo muito truncado no meio de campo, as chances não apareciam. Mas num bom lançamento para o Dzêko que tocou para Salah chutar e Casillas defender, a Roma assustou o Porto. O espanhol defendeu com o pé esquerdo. Na reta final do primeiro tempo, o experiente De Rossi deu uma entrada criminosa no lateral-direito Maxi Pereira e acabou sendo o expulso, já o jogador do Porto teve que ser substituído, para a entrada de Layún.

A arbitragem deu seis minutos de acréscimo no primeiro tempo. E quase deu tempo para os portugueses ampliarem o placar, após passe de Otávio, Herrera chutou colocado e a bola passou muito perto. E o primeiro tempo terminou com vantagem para o time azul e branco. No começo da segunda etapa, o brasileiro Emerson deu uma forte entrada em Corona e também foi expulso.

O Porto tinha dois jogadores a mais em campo e tirou vantagem disso. Num contra-ataque puxado por Herrera, o mexicano tocou para seu compatriota Layún que driblou o goleiro e fez o segundo dos Dragões, deixando o confronto praticamente definido. Se não bastasse, dois jogadores do México infernizando os italianos, o outro mexicano Jesus Corona deu um drible desconcertante no zagueiro e fechou o placar, 3x0.

A Roma enfrentará o Cagliari, fora de casa. Já o Porto vai visitar o Sporting, no clássico português. Além disso, os portugueses também aguardam o sorteio da fase de grupos da Champions League que vai acontecer nesta quinta-feira.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.