Header Ads

Paraguai busca a reação nas eliminatórias

Depois de 5 longos meses, enfim as eliminatórias para a copa do mundo voltarão. Para a seleção paraguaia, serão 2 compromissos difíceis contra fortes candidatos à vaga: O primeiro adversário será o empolgado bicampeão da Copa América, Chile, em Assunção. Depois, o Paraguai viajará até Montevidéu, para enfrentar o Uruguai, líder das eliminatórias até o momento. A mudança mais significativa na seleção será no comando técnico, já que Ramón Díaz pediu demissão, e em seu lugar foi chamado Francisco Arce, ex lateral esquerdo que já comandou a seleção principal em outra ocasião, mas sem conseguir bons resultados.

"Chiqui" como é conhecido, terá a difícil missão de levar o Paraguai para a copa do mundo na Rússia
(Fonte: Conmebol,com)



Para os Albirrojos, além de se recuperar dos 2 últimos frustrantes empates nas eliminatórias, contra Equador e contra o Brasil, a seleção terá que superar a péssima campanha na Copa América Centenário, onde a seleção ficou em último do seu grupo, com apenas 1 ponto e 1 gol marcado em 3 jogos. Voltando no assunto eliminatória, a seleção que desperdiçou 4 pontos nos acréscimos, precisa correr atrás do prejuízo, e em 2 jogos teoricamente mais difíceis. A meta é, estar entre os 5 primeiros ao final do 1º turno. Como faltam só 3 jogos, e com o Paraguai ocupando a 7ª posição, com 9 pontos, 1 a menos que a Colômbia, 5ª colocada, a reação precisa ser imediata.

Jogadores treinam no Defensores del Chaco
(Fonte: APF.org.py)

Pensando nesses 2 confrontos, o reestreante Francisco Arce convocou 28 jogadores, sendo 10 jogadores que jogam no futebol paraguaio. O destaque da sua 1ª convocação, em relação aos jogadores que defenderam a seleção nos EUA, é o setor de meio campo, onde quase todos jogadores não participaram da Copa América. As ausências mais sentidas são de Iturbe, Sérgio Diaz, Antonio Sanabria e o lesionado Lucas Barrios.

Convocados para os jogos contra Chile e Uruguai
(Fonte: APF.org.py)

O jogo contra a atual bicampeã da Copa América, Chile será o início de um novo ciclo no Paraguai. E para enfrentar os empolgados chilenos, tão empolgados a ponto de um de seus principais jogadores, Vidal falar que a seleção chilena é, hoje a melhor do mundo, o técnico Arce fez uma escalação ambiciosa, mesclando a experiência na defesa, com a juventude no ataque.
A provável escalação será: Diego Barreto- Jorge Moreira- Gustavo Goméz- Paulo da Silva- Candia- Victor Alaya- Rodrigo Rojas- Cristian Reveros- Óscar Romero- Dário Lescano- Federico Santander, em um esquema 4-4-2 clássico, sem invenções.
Vindo de 2 boas atuações nas Eliminatórias, o Paraguai precisa estar mais atento para não sair de campo frustrado novamente. E para isso acontecer, conta com o apoio total da sua fanática torcida, que com certeza irá lotar as arquibancadas dos Defensores del Chaco, querendo ver uma vitória de sua seleção sobre a melhor do mundo, e provar para todos, que o Paraguai tem sim, condições de voltar a disputar o mundial, e mostrar um bom futebol, como fez em 2010.

Lezcano, artilheiro das eliminatórias, é a esperança de gols contra o Chile.
(Fonte: Site LaNación)

Frederico Kuhnen| @fred_metro2002
Linha de Fundo| @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.