Header Ads

Visitante indigesto, Tigrão dá o troco e vence de virada o CRB

Fechando a 24ª rodada da Série B, o Vila Nova foi até Maceió enfrentar o CRB. Após empatar com o Atlético Goianiense no Serra Dourada, o Tigrão viajou com um desfalque de última hora, já que o zagueiro Vinicius Simon estava com virose. Porém, nada atrapalhou a noite Colorada no Rei Pelé.

O CRB abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo, saindo para o intervalo com a vantagem. Mas esqueceram de um porém: o Vila é um dos visitantes mais indigesto desta Série B.  Em três minutos, o Tigrão devolveu a virada do CRB em Goiânia, no primeiro turno, e Moisés e Vandinho garantiram a vitória.



Saiu de Goiânia, o bicho pega. Para um time que era só sair de sua cidade que já perdia, hoje sair e voltar com a bagagem os três pontos é algo a ser estudado. O Vila joga na casa do adversário como se tivesse seu estádio, não tem medo de arriscar. Tomam respeito e estudam o time da casa, atacam como pode e dão o bote na hora certa. Esse é o Vila Nova dessa segundona. O técnico Guilherme Alves e suas panelinhas andam se acertando. Com essa vitória, esse grupo guerreiro levou o Tigrão a oitava posição, se distanciando ainda mais da zona de degola.

Moisés mais uma vez foi essencial. Vandinho, mesmo após ter perdido seu tio na noite de sexta-feira, entrou e decidiu mais uma vez para o Colorado. Não tem lógica manter Vandinho no banco e jogar com Patrick de titular. Em cinco jogos, Patrick ainda não marcou nenhum gol desde que estreou com a camisa do Tigrão. Esse não tem solução mais.

A raça que esse elenco tem é o que pode levar o Vila ao seu objetivo, a permanência. O objetivo é fazer os 45 pontos, depois o que vier e lucro. Não me iludo com G-4, apenas quero meu time bem e poder ver que alcançamos o principal. Pés no chão e o que for para ser nosso virá com o tempo, 2016 era o ano da reformulação e tudo está sendo conforme o planejado. Que continue assim.


O Tigrão respira aliviado. Há anos a Série B parecia não ser mais nosso lugar, mas quando se trata de Vila Nova não duvide de nada. No início desta Série B, o time jogava bem e não rendia. Com a saída de técnico Mancini, a equipe teve outra cara com a chegada de Guilherme. Um time aguerrido, com raça e com vontade de jogo. Podem não jogar bem, mas estão vencendo como podem, agradecemos a ele e a sua panelinha. 

O Vila agora enfrenta fora de casa a equipe do Paraná, em um jogo que, em caso de vitória, podemos ficar ainda mais próximos do pelotão da frente. 

2 comentários:

  1. Boa análise, agora vamos pra cima do Paraná rs

    ResponderExcluir
  2. Que panelinha boa em Guilherme, rs não é possível que contra o Paraná esse tal de Patrick é titular de novo, Guilherme Alves não é burro mais está agindo como um fazendo isso, a nossa luta desde o começo é a permanência, estamos chegando lá, isso é ótimo, mais já pensou se beliscarmos um 4° lugar? Raça, luta e determinação não falta pra esse time, que venha o Paraná e a luta continua!

    Detalhe : volta Wagner Bueno por favor!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.