Header Ads

Em despedida do Nordestão, Sampaio quebra invencibilidade do Sport

O Sampaio Corrêa, apesar de já estar eliminado, se despediu ontem (22/03) da Copa do Nordeste com uma grande vitória sobre o Sport (PE), que entrou em campo já classificado para as quartas. O jogo aconteceu no Castelão, em São Luís, às 21h45. A Bolívia Querida quebrou a invencibilidade do time pernambucano ao vencer por 2 a 1 e terminou a competição regional com 6 pontos, em 3º no Grupo C. Além do Sport, o River (PI) também garantiu uma das três vagas como segundo colocado do grupo e avançou para as quartas de final do torneio.

Sampaio se despede da Copa do Nordeste com vitória (Foto: Elias Auê)
Os gols

Daniel Barros abriu o placar para a Bolívia Querida, aos 21 minutos do primeiro tempo, em cobrança de falta, no ângulo superior direito. Aos 8 minutos da segunda etapa, Hiltinho, após belo passe de Henrique chutou cruzado no canto direito, na saída de Magrão. O Sport diminuiu o marcador, aos 24’. Rogério, após cruzamento da esquerda, cabeceou livre da entrada da área para o gol.

Análise do jogo

Sem dúvida, esse foi o melhor do jogo do Sampaio nesta temporada. No primeiro tempo, o Tricolor não deu muito espaço para o adversário, controlou o meio de campo, sobretudo com as boas atuações de Diego Silva e Daniel Barros. Na frente, Henrique e Felipe Costa, por incrível que pareça, deram muito trabalho ao sistema defensivo do time pernambucano, variando bastante o posicionamento entre eles, e deixando, em algumas oportunidades, os companheiros em boas condições de finalizar.

Elogiáveis também foram as presenças de Wanderson, goleiro da base, que atuou como titular pela primeira vez no elenco profissional, muito seguro em todos os lances nos quais fora exigido, e do jovem lateral esquerdo Wesley, também da base, sempre dando boas opções de jogadas pela esquerda, fortalecendo o setor ofensivo. O volante Marcelinho, das categorias de base, entrou no segundo tempo e fez a sua estreia no time principal. Outro estreante foi o lateral/volante Pedro, que veio da Cabofriense. Ele entrou no decorrer da segunda etapa.

A pergunta que todo torcedor boliviano deve estar se fazendo é “por que deixaram para fazer o seu melhor jogo na temporada quando já não havia chance de classificação?”. O importante agora é que o time aproveite bem os 15 dias de folga para trabalhar, aparar as arestas e qualificar o elenco com os novos reforços.

FICHA DO JOGO
SAMPAIO CORRÊA 2 X 1 SPORT

Local: Estádio Castelão, São Luís (MA)
Data: 22 de março de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Italo Medeiros de Azevedo (RN)
Gols: Daniel Barros – 21’ 1ºT e Hiltinho – 7’ 2ºT (Sampaio); Rogério – 24’ 2ºT

Sampaio Corrêa: Wanderson; Roniery, Arthur Sanches, Alex e Wesley; Diego Silva (Marcelinho), Valderrama, Daniel Barros, Felipe Costa e Hiltinho (Pedro); Henrique (Cleitinho). Técnico: Francisco Diá.

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Caio (Mansur); Rodrigo, Ronaldo (Juninho) e Everton Felipe; Rogério, Leandro Pereira (Fábio) e André. Técnico: Daniel Paulista.

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.