Header Ads

A lei do ex ataca e o Liverpool, 'Robin Hood', perde em casa

(Foto: Liverpool FC/Divulgação)
No último domingo (23), o Liverpool recebeu o Crystal Palace em Anfield pela Premier League. Na briga pelo top 4, os Reds até começaram bem, mas não conseguiram evitar que a lei do ex e sua síndrome de Robin Hood falassem mais alto e fizessem com que os visitantes saíssem com a vitória.

O Liverpool saiu na frente com um golaço de Phillipe Coutinho em cobrança de falta, aos 23' de jogo. Os Reds mantiveram a posse de bola próximo dos 70% desde o primeiro tempo até o apito final, no entanto, não conseguiram converter esse número em chances criadas, enquanto o Palace levava muito perigo nos contra-ataques. Ainda na primeira etapa, aos 38', Emre Can teve a chance de ampliar, quando ficou livre na frente do goleiro, mas colocou a bola pra fora após acertá-la com a canela e nos mostrar o quanto Henderson e Lallana fazem falta ao time. O empate dos eagles veio ainda no primeiro tempo, aos 42', quando Benteke, ex-Liverpool, colocou a redonda pro fundo das redes.

No segundo tempo o jogo ganhou ritmo, o Liverpool chegava com perigo, quase sempre com a participação de Coutinho, mas pecava na finalização das jogadas, Roberto Firmino e Origi, nossos atacantes, pouco apareceram no jogo. Aos 28', veio à virada, novamente com Benteke, após cobrança de escanteio e falha de marcação da nossa zaga, algo que, infelizmente, não surpreende mais ninguém. O que se viu depois foi um Liverpool nervoso, e no final desesperado, que tentou, mas pouco assustou o time visitante. Klopp fez três substituições, mas não conseguiu evitar que perdêssemos pela terceira vez seguida em Anfield para o Crystal Palace.

Após a partida, o Liverpool estaciona nos 66 pontos, dois a mais que Manchester City e três a mais que Manchester United. O problema é que os dois estão com dois jogos a menos, e de acordo com seus resultados podem nos levar à fatídica 5ª posição na tabela. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.