Header Ads

Ceará 1 x 0 Guarani: Estamos na final e você?

Ceará vence novamente o Guarani de Juazeiro e carimba vaga para a final do Campeonato Cearense. Vovô joga bem, criou inúmeras chances, mas só conseguiu marcar um gol com o atacante Alex Amado.

Quem não tá final, assiste pela Tv. FOTO: Reprodução/CearaSc
Finalmente, foi isso que o torcedor alvinegro falou após o time vencer e convencer no estadual, quem esperava um Ceará recuado e jogando com o regulamento debaixo do braço se deu mal. Diferente daquele futebol pouco criativo das rodadas anteriores, os comandados de Givanildo Oliveira foram incisivos do inicio ao apito final, tanto que se o goleiro Léo não estivesse em uma tarde inspirada o resultado seria bem maior.

1° Tempo: Faltou o gol

Logo no inicio do primeiro tempo o Ceará já tinha uma chance de abrir o marcador, Maxi Biancucchi aproveitou o cochilo da defesa e chutou para a defesa do goleiro Léo (decorem esse nome). Após a oportunidade desperdiçada, a torcida alvinegra teve dois sustos, o primeiro quando Raul cabeceou contra o gol e obrigou a Everson defender e o segundo quando aos 11 minutos o meia Ricardinho sentiu dores no tornozelo e foi substituído por Wallace Pernambucano.

Nove minutos depois outro jogador lesionado, Maxi Biancucchi sentiu um desconforto muscular e deu lugar a Alex Amado. O Vozão seguia no ataque e sempre parando no arqueiro rubro-negro, foi assim em quatro oportunidades, a principal aconteceu aos 32 minutos quando Romário pegou o rebote e chutou forte.

2° Tempo: Léo até tentou, mas saiu o gol

Os primeiros quinze minutos da etapa final não foram no mesmo ritmo do primeiro tempo, a primeira grande oportunidade foi alvinegra, Raul fez linda jogada e chutou para novamente Léo defender. O goleiro do leão do mercado que estava pegando só tudo finalmente cedeu, em um lance até defensável por sinal, aos 25 minutos em uma triangulação rápida Richardson serviu Alex Amado que marcou o gol. Mesmo com o gol tomado o goleiro Léo continuava impossível aos 34’ segurou firme o chute do zagueiro Luiz Otávio e aos 39’ defendeu a finalização de Magno Alves, o Guarani por sua vez teve até uma boa chance para empatar com o bom camisa 10 Adenilson que mandou uma bomba que tirou tinta da trave, no mais foi só esperar o apito final e comemorar a vaga na final do estadual.

Alex Amado marcou o gol da vitória. FOTO: Christhian Alekson/CearaSc
Algumas considerações

Produzimos bastante, isso já é um alento para quem sofre com a escassez de oportunidades, o goleiro do Guarani fez seu papel segurou quase tudo, menos a bola do Alex Amado que por sinal não jogou mal, mas fez muito mais que Maxi Biancucchi nas ultimas partidas. É de elogiar a partida do Lelê, ele infernizou a defesa adversária e era por meio dele que o ataque apresentava as jogadas de velocidade (principalmente na primeira etapa). Finalmente Givanildo parece ter encontrado a forma ideal de jogar, o time evoluiu bastante desde o primeiro jogo das semifinais.

Atacante Lelê fez uma boa partida. FOTO: Christian Alekson/CearaSc
Outro ponto positivo não só dessa partida, mas da temporada como um todo é a nossa dupla de volantes, Raul e Richardson estão jogando o fino da bola, destaque para o primeiro cria da base alvinegra e que agarrou com unhas e dentes a vaga de titular. Também preciso falar de Wallace Pernambucano, ele com seu jeito simples de jogar está ajudando o time e a torcida que já não sentia falta de Felipe Menezes (a moral dele com Givanildo tá igual à bola dele, quase nada) agradece.

É um campeonato cheio de percalços como é o nosso, o Ceará para muitos tinha obrigação de chegar a final e assim foi feito, mesmo na maioria do torneio devendo aquele futebol bonito que o torcedor tanto quer o time fez suas vitórias e querendo ou não é o favorito a conquistar o titulo (com todo respeito ao Ferroviário). Por fim, quero falar desse jogador que foi o melhor camisa 10 do estadual, Adenilson do Guarani de Juazeiro, abre o olho Ceará, ele tem contrato até maio com time do Cariri, vai lá, a aposta vale a pena.

Lesões de Ricardinho e Maxi

Após a partida, o Dr. Leandro Rêgo falou sobre a situação das lesões de Ricardinho e Maxi Biancucchi, o primeiro sofreu uma entorse no tornozelo e deve ficar uma semana em tratamento, já o segundo apresentou uma dor na região posterior da coxa esquerda, mas para o médico alvinegro ambos não preocupam para o restante do estadual.

Ricardinho sai lesionado. FOTO: Kid Jr/Diario
A final

Assim como nas semifinais, a decisão do Campeonato Cearense será em melhor de três jogos, o alvinegro enfrentará o Ferroviário. A primeira partida da final está marcada para o próximo domingo 30/04 ás 16h00min na Arena Castelão. Os demais jogos ainda não têm datas definidas pela Federação Cearense de Futebol (FCF), mas deverão ser nos dias 03 e 07 de maio. Com a classificação para a final, o Ceará assegurou as vagas na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil do próximo ano.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 1 X 0 GUARANI DE JUAZEIRO

CEA: Everson, Cametá, Luiz Otávio, Valdo, Romário, Raul, Richardson, Ricardinho (Wallace Pernambucano), Maxi Biancucchi (Alex Amado/Pedro Ken), Lelê e Magno Alves. T: Givanildo de Oliveira

GUA: Léo, Talisson, Regineudo, Luis Gustavo, Zé Aquiraz (Rafael Thuca), Dim, Da Silva (Rosivaldo), Leilson, Adenilson, Ronda (Emerson Catarina) e Italo. T: Washington Luiz

CARTÕES AMARELOS: CEA - Luiz Otávio / GUA - Luis Gustavo, Leilson e Dim
GOLS: Alex Amado (25 2T)

Davi Maia | @davims

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.