Header Ads

Crystal Palace busca empate com o atual campeão Leicester

Uberlândia, MG, 15 - Em Partida entre duas equipes em recuperação, em Selhurst Park, o Palace buscou resultado de empate no segundo tempo.

Enfim, saiu um novo texto do Palace: "Meus amigos voltei, eu tava ficando doido". Eu, Crystal Palace, finalmente voltei ao caminho direto e reto, rumo ao primeiro escalão da classificação, o fantasma da Championship já não nos aflige tanto.

Mosaico da torcida do Palace com alusão aos 250 jogos de Zaha pelo clube e a frase: Sul de Londres se levantou, criados no Palace, vive e morre pelo azul e vermelho. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace. 
Contrastando com o momento que vivemos hoje, há algumas rodadas atrás, a situação das Águias do sul de Londres era quase calamitosa, caminhavam para um abismo que não parecia ter fim, derrotas se acumulavam e os fieis torcedores acompanhavam aflitos, o processo de definhação da equipe. Big Sam não demonstrava sinais de que ajudaria o "CP" sair dessa situação. Com apenas míseros 19 pontos após 25 jogos, amargávamos uma compatível 19ª colocação. 

25, esse era o número de jogos que o Palace havia completado na temporada por Premier League. 25, de Fevereiro, esse foi o dia da 26ª rodada, Selhurst Park recebeu, àquela altura, um confronto mais que direto na luta contra o rebaixamento, Palace x Boro. Nesse dia fazia quase um mês da última vitória do Crystal Palace, a única em dois meses, o solitário triunfo de 2017. As Águias venceram o jogo decisivo. E o que aconteceu de lá pra cá?

Aconteceram outras seis partidas, contando o empate desta tarde de sábado (15), em Londres. Aconteceu que multiplicando 25 por 10, chega-se ao número de vezes que o "Leão" Wilfried Zaha vestiu a malha azul e vermelha. Aconteceu que perdemos uma só partida: Quatro vitórias (incluindo contra Chelsea e Arsenal) e um empate. Resultado dessa sequência; 35 pontos em 32 jogos, apenas a 15ª colocação, porém estamos a sete pontos da incômoda zona de rebaixamento.

No peito, na raça, no comprometimento e qualidade dos atletas o "CP" jamis se entregará. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
Diante de uma bela festa dos "hinchas sul-americanos do sul de Londres", entraram em campo Palace e Leicester, que também vive momento dispare ao que se encontrava até pouco tempo. A empolgação arrefeceu logo há seis minutos, com o gol de Huth para os visitantes. Durante toda a etapa inicial, o Crystal se manteve próximo da área do Leicester, com algumas tentativas bloqueadas. O resumo desta etapa foi 1-0 para o atual campeão da Premier League.

Com a volta do intervalo, voltou também à desatenção do começo do confronto. Em contra-ataque veloz, Vardy foi lançado pela direta, com um corte seco, se colocou em condições de finalizar, aumentando a contagem, 2-0 Leicester. Parecia que novamente afundaríamos em nossa ansiedade, em nossa certa dose de displicência, tudo indicava que retornaríamos a rotina do perde e ganha. Parecia.

Não deu tempo sequer de tomar um copo d'água na cozinha. Na sequência ao segundo gol visitante, Cabaye aproveitando a sobra recolocou o Palace na disputa. Aquela máxima de quem persiste sempre alcança, valeu para o Crystal, Benteke usou a cabeça, com muita inteligência testou para a contagem do placar igualar, e assim, sacramentar a remontada na situação adversa da partida, a continuação da boa sequência das Águias no campeonato, o distanciamento dos três últimos colocados e o placar em 2-2. 

Que cabeçada! Benteke usou a cabeça para empatar o confronto. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
Crystal Palace: Hennessey, Ward, Kelly, Sakho, Schlupp (Van Aanholt), Milivojevic, Cabaye, Townsend, Puncheon, Zaha (McArthur), Benteke. Téc. Sam Allardyce.

Próximo Jogo pela Premier League:
23 de Abril - 12:30h (hora de Brasília) - Anfield.
Liverpool x Crystal Palace.

Por: @carlosjr92educa
Carlos Alberto de Sousa Júnior - Colunista do Crystal Palace

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.