Header Ads

Gol contra e lei do ex: Aquele jogo onde nada deu certo

Com gol contra de Lucas Pratto, São Paulo foi derrotado no Morumbi após 16 partidas sem perder.

(Foto: Divulgação/Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Morumbi lotado, São Paulo há 16 jogos sem perder em casa. Tudo conspirava para um jogo maravilhoso do Tricolor, tudo, menos os próprios jogadores. Com uma partida pífia, São Paulo perde de 2 a 0 para o Cruzeiro na Copa do Brasil.

Sem Cueva (estiramento no músculo posterior da coxa esquerda sofrido com a Seleção Peruana) e Chavez (sofreu um edema na região posterior da coxa esquerda durante as atividades da última terça (11) e está sob os cuidados do Reffis), Ceni foi para o jogo com o que tinha de melhor. Assim, o Cruzeiro sabia o quão difícil seria o jogo, apostou na marcação bem encaixada, dificultando a saída de bola são-paulina e jogando nos erros do time da casa. Já o Tricolor tentava apostar nas laterais, entretanto foi uma das piores partidas de Wellington Nem e Luiz Araújo, ambos que vão pelas laterais do campo. Rogério até tentou inverter os dois, passando Luiz para direita e Nem pela esquerda, porém não adiantou de nada, pode dizer até que Nem ficou mais perdido que antes. Rogério vendo isso, no segundo tempo, colocou Thomaz no lugar de Wellington Nem. Todavia, tava tudo dando tão errado que o primeiro gol do Cruzeiro, foi gol contra, de Lucas Pratto. Depois de cobrança de falta, Thiago Neves cruzou para a área e Pratto cabeceou para o próprio gol. E em um dia que tá estando tudo errado, não pode faltar ela, a lei do ex. Hudson, de cabeça, marcou o 2º do Cruzeiro. Tirando os destaques ruins. É bom também destacar os bons, como a partida de Maicon e Jucilei, além de Thomaz, que em minha opinião, tem que ser titular na ausência de Cueva.

O jogo de volta no Mineirão é quarta-feira (19/04) às 19h30, São Paulo tem que vencer por três gols de vantagem ou dois, desde que seja 3x1, 4x2, e assim por diante. Se fizer 2x0, a decisão será nos pênaltis. Já pelo Paulista, pela semifinal, o São Paulo receberá o Corinthians, no Morumbi, domingo (16/04) às 19h, com torcida única.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo, Morumbi (SP)
Cartões amarelos: Jucilei e Thiago Mendes (SP); Ariel Cabral e Ábila (CRU)
Gols: Lucas Pratto (CONTRA) e Hudson (CRU)
Arbitragem: Anderson Daronco (RS-Fifa), auxiliado por Rafael da Silva Alves e Leirson Peng Martins (ambos do RS)

SÃO PAULO
Renan Ribeiro, Buffarini (Araruna), Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero (Gilberto); Wellington Nem (Thomaz), Lucas Pratto e Luiz Araújo. Técnico: Rogério Ceni

CRUZEIRO
Rafael, Mayke, Léo, Manoel e Diogo Barbosa; Ariel Cabral, Hudson (Lucas Romero), Thiago Neves (Alisson), Arrascaeta e Rafinha; Ábila (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.