Header Ads

Invictos? Não mais

O Remo jogou ontem contra o Independente no estádio Navegantão em Tucuruí, pelas semifinais do Parazão. O time vinha sem várias peças importantes, como Eduardo Ramos e Flamel, além de voltar de Paragominas com um amargo 1 a 1.

Foto: Akira Onuma / O Liberal
Logo de início percebeu-se superioridade técnica dos mandantes, que atacavam em velocidade enquanto os azulinos se acuavam e no máximo trocavam passes, mas sem chegarem à área adversária. Não demorou: Aos 23 minutos a bola sobrou na área para Chicão marcar 1 a 0 para o Independente.

A primeira chance do Leão veio apenas aos 31 minutos, com Gabriel Lima pela direita, porém não resultou em nada. O jogo continuou morno até o intervalo, e foram poucas as investidas remistas contra o Galo.

Logo após voltarem do intervalo, aos 4' do 2º tempo, Monga recebeu na área e deixou o goleiro André Luis sem chances de impedir o 2x0. Os azulinos até tiveram chances de diminuir, porém os jogadores trabalharam pouco a bola durante todo o jogo. Só apresentaram melhora de desempenho no final do segundo tempo, mas já era tarde demais.

O Remo, que até então era líder invicto, segue com a vida complicada para o jogo de volta contra o Independente em Belém. Com incertezas e falhas técnicas, a reconquista do título estadual pode estar mais longe do que o técnico remista, Josué Teixeira, imaginava. Os jogadores que estão no DM têm apenas 10 dias para se recuperarem antes do reencontro.

Foto: Akira Onuma / O Liberal
A partida de volta das semifinais será dia 23/04 no Mangueirão, em Belém. Em entrevista ao Globo Esporte, Josué disse que acredita na virada em casa, e que terá tempo suficiente para recuperar os jogadores e prepará-los para a decisão.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.