Header Ads

Procura-se "rivais"

Nós somos uma hegemonia, isso é inegável. Começo esse texto desta forma e escrevendo com um sorriso que mal cabe em meu rosto, o time tem muitos detalhes a acertar, e nós não nos contentamos mais com um mero estadual, mas esse título não foi mais um Campeonato Goiano qualquer... Foi o título que colocou ordem na casa. Durante 2015 (ano de nossa queda) e 2016 (que vocês lembram muito bem) nós esmeraldinos ficamos com as "orelhas quentes" de tanto  ouvir nossos rivais tirarem  aquele sarro de nossa cara, que nós éramos a terceira força do estado, que Vila e Atlético eram muito superiores (ainda mais após a conquista da Série B feita pelo Dragão) e que o Goiás estava acabando... Pois não é que o jogo virou?

Soberanos: somos os maiores campeões da década. Seis conquistas esmeraldinas, são elas: 2010, 2012, 2013, 2015, 2016, 2017
Sim, o jogo virou (se é que estivemos alguma vez atrás do placar). O Goianão 2017 serviu para mostrar que ainda somos de forma disparada a maior força do estado, e não importa se o Atlético está na Série A ou se o Vila Nova ficou na nossa frente na Série B e liderou o Grupo A do campeonato durante boa parte... Foram no total três jogos contra os vilanovenses e quatro jogos contra os atleticanos, e aqui estão os números:

5  vitórias
2 empates
0 derrotas
9 Gols marcados
2 Gols Sofridos

Acho que se eu já te apresentei o desempenho do Goiás nos clássicos, você já deve presumir como foi o segundo jogo da final ontem (07) contra o Vila Nova, a virada tão pregada pela imprensa que seria feita baseada no enorme esforço dos vilanovenses não aconteceu. E ficou mais longe ainda de acontecer após abrirmos o placar ainda no primeiro tempo, deixando claro que mesmo estando em crise, ainda temos a força de nos reerguer para garantir o posto de melhor time do estado. Assim como o bandeirão, nós ressurgimos para deixar bem claro que o Centro-Oeste brasileiro tem dono, e ele se chama Goiás Esporte clube.
Foto do elenco campeão goiano de 2017. Foto: Goiás Esporte Clube
Se antes do primeiro jogo a torcida se encontrava insegura e ansiosa, muito pelo fato da eliminação na Copa do Brasil, ontem o esmeraldino foi para o estádio fazer a festa com a certeza de que o título estava em nossas mãos. E o grande destaque do jogo foi esse, nas arquibancadas o show foi um absurdo, um espetáculo de cair o queixo, 90 minutos de música, bateria, bandeira de mastro, animação e BANDEIRÃO! Sim, após tanto tempo nosso saudoso bandeirão voltou! Um dos símbolos de nossa torcida está de volta, e algo que enche meu coração de alegria já que me lembra muito minhas primeiras idas no estádio ainda moleque em que meu pai me erguia para eu conseguir triscar e tremular o gigante verde, é muito bom ver que a festa nas arquibancadas está de volta. E há quem fala que para a Série B deste ano um novo está sendo desenvolvido!

Um dos maiores símbolos esmeraldinos está de volta em um versão 2.0
mostrando todos os escudos da história do clube, a faixa no telhado
também é novidade. Foto: Fernando Lima(
@fernandorl1972)
Bandeirinhas, bandeira de mastro, fumaça, bateria, faixas e muita empolgação.
Tinha de tudo na festa esmeraldina. Foto: Goiás Esporte Clube
O jogo começou em clima de festa, o Vila teve duas chances no primeiro tempo, uma logo aos dois minutos e depois com um chute de Moisés, só. O Goiás entrou muito bem postado, com uma atuação de gala de nossa defesa e volto a frisar que o zagueiro e o goleiro vindo do Londrina são muito bons! Everton Sena e Marcelo Rangel se sobressaem ainda mais nas dificuldades, e ontem novamente o goleiro esmeraldino realizou ótimas defesas e fechou sua atuação nota 10 com um drible desconcertante em cima do jogador rival, disparadamente Rangel é um dos destaques do elenco.

Na partida em si, além de Rangel tenho que parabenizar a atuação de mais três jogadores. O primeiro é Carlos Eduardo que de novo conseguiu fazer uma atuação acima de sua "média" fechando com um passe para gol e uma provocação mais que criativa em cima do rival. O segundo é Jean Carlos, que recebeu a bola livre dentro da área para abrir o placar, mas não só pelo gol e sim porque Jean é o nosso melhor meia armador e ontem ele deixou mais que claro que merece a titularidade, o camisa 10 possui um passe refinado, finaliza bem de longe e faz com que o time jogue para a frente. Espero fortemente que Sergio Soares também perceba isso.

E por último, o destaque vai para Tiago Luís que foi eleito o melhor jogador do campeonato. O camisa 11 que veio do Paysandu para cá confirmou seus ótimos números que apresentei em meu texto do início do ano distribuindo diversas assistências e fazendo belos gols de fora da área. Outro cara que promete dar o que falar na Série B, e mudando o assunto para ela, se mantermos os pés no chão e os reforços funcionarem... Com muita dedicação e apoio da torcida tenho fé que iremos brigar pelo acesso!

Tiago Luís foi eleito o craque do Goiás e já tem o respeito da torcida
Foto: Goiás Esporte Clube
E por favor, alguém nos arrume novos rivais, esses que temos em nosso estado já não tem mais graça... Virou rotina bater em saco de pancada.


SAUDAÇÕES DO TRI-CAMPEÃO GOIANO!

Artur Pinheiro ll Facebook
Linha de Fundo ll @SiteLF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.