Header Ads

Southampton 0-2 Arsenal: A luta continua

Não jogamos bem na maior parte dessa temporada, e ainda passamos longe de lutar até pela briga de se classificar para a Champions League. Até agora. Se por um lado a nossa equipe deixa a desejar, os nossos rivais nos dão suspiros de que sim, é possível: Liverpool e Manchester United tropeçam demais e isso talvez seja a nossa luz no fim do túnel.

Na terça (09), teríamos o amargo Southampton - que empatara com o Liverpool na última rodada - pela frente no St. Mary's Stadium. Em jogo, muito mais do que os três pontos, mas sim a nossa confirmação de briga pela vaga na Champions League.

Mais uma vez, o esquema com três zagueiros. Mesmo com pouco tempo de treino e utilização, é algo que vem dando resultados e revivendo alguns jogadores, como Ramsey e Chamberlain. Outra coisa que chamou a atenção na escalação foi a presença de Rob Holding. Sempre que o jovem inglês jogar, nós sabemos que veremos uma segurança de veterano na nossa defesa.

No primeiro tempo, a coisa andava muito mais para o lado do time da casa, parecia que o Arsenal iria fracassar na hora H de novo. Mas, dessa vez, tínhamos Petr Cech: Desde a sua falha no gol de Aguero pela FA Cup, o goleiro vem tendo atuações acima da média e dessa vez não foi diferente, ele ajudou a garantir o placar em 0 a 0 no fim da primeira etapa.

Ele resolve! (Foto: REUTERS)
No segundo tempo, o jogo continuou chato e o Arsenal continuou sem vontade de jogar. Por nossa sorte, Alexis resolveu as coisas, e, após passe de Özil, deixou dois zagueiros no chão para marcar o seu vigésimo gol no campeonato - o décimo quarto em partidas fora de casa.

Depois desse gol, neutralizaríamos o jogo, que ficou sem sustos - mesmo com Boufal tentando arranjar alguma coisa - e a vitória foi confirmada nos acréscimos com um gol de Giroud depois de jogada entre Alexis e Ramsey. 2 a 0, três pontos e, mais do que nunca, a nossa confirmação pela briga pelo quarto lugar.

Restam três jogos, que devem ser encarados como três finais, serão - junto com a final da FA Cup - os jogos mais importantes da temporada. Se vencermos o nosso jogo atrasado, ficaremos a um ponto do Liverpool, então, sim, é possível. O Arsenal mostra que não será fácil tirá-lo dessa briga, e nós, torcedores, temos que, mais do nunca, apoiar a equipe em busca desse objetivo.

COYG!
Sergio Santana | @sergiostn_

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.