Header Ads

Kolasinac decide, e Arsenal vence o Swansea de virada


O compromisso diante do Swansea City, no sábado (28), válido pela 10ª rodada do Campeonato Inglês não possuía apenas sua importância no que diz respeito à disputa, ponto a ponto, na parte de cima da tabela. Era também um jogo simbolicamente especial para Arsène Wenger, que comandava ali sua partida de número 800 na Premier League.

Com o pensamento unicamente focado em vencer e com o trunfo de jogar em casa, onde o Arsenal seguia com 100% de aproveitamento na competição, o jogo não dava indícios de gerar muitas complicações aos donos da casa. Engano de quem pensou dessa forma.

O inicio da partida teve um claro domínio do Arsenal, que trocava seus passes esperando as chances aparecerem. Mas foi em um lance totalmente fora do roteiro que o placar foi aberto: Abraham enxergou Sam Clucas e deu um belo passe para o companheiro, que livre da marcação de Bellerin, chutou entre as pernas de Cech para colocar o Swansea em vantagem. Após o gol dos visitantes, a decepção estampada na cara dos torcedores era notória.

Por mais que o Arsenal seguisse com um domínio amplo da posse de bola, a primeira boa chance de empatar o jogo veio só aos 40 minutos, quando o forte chute de Sánchez exigiu uma boa defesa do goleiro Fabianski. Antes do fim do primeiro tempo, ainda houve chance para o Swansea aumentar sua vantagem, onde, após Mertesacker perder a bola dentro da área, Jordan Ayew viu-se de frente a Cech, mas o goleiro conseguiu defender a finalização do atacante.

Para reverter o placar no segundo tempo, o Arsenal precisava ter uma postura diferente. E teve. Logo aos seis minutos, a bola sobrou na área após jogada entre Özil e Lacazette, e Kolasinac chutou firme para empatar o jogo. A postura ofensiva do time mandante na segunda etapa se mostrou bastante eficiente, e já aos 13 minutos, a virada veio com Ramsey. Kolasinac apareceu bem dentro da área e tocou para o galês finalizar de perna esquerda. 
 O homem do jogo: Kolasinac segue sendo essencial para o sucesso da equipe. (Foto: Twitter/Arsenal). 
 Depois do gol da virada, as oportunidades ofensivas para as duas equipes foram mínimas e o placar permaneceu inalterado até o fim do jogo. Uma boa vitória, considerando ainda a atuação abaixo da média dos principais astros do time, Özil e Sánchez.

Com a vitória, a quinta em cinco jogos no Emirates Stadium, o Arsenal chegou 5ª posição, empatado em pontos com o Chelsea, 4º colocado. No próximo sábado, o Arsenal viaja à Manchester com a difícil missão de encarar o líder Manchester City.

COYG!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.