Header Ads

CLASSIFICADO, INVICTO E DE OLHO NOS TRICOLORES

Tem gente reclamando do empate contra o Londrina. Não dá pra esperar outra coisa de “torcedor” de títulos. O jogo foi muito bom, contra um time estruturado, bons jogadores, que nos últimos 2 anos vem flertando com a Série A. Não há demérito algum empatar com o Londrina, visto ainda que o Atlético massacrou. Os aplausos ao final do jogo mostraram bem a impressão que os 7 mil presentes tiveram do confronto. E é para aplaudir de pé mesmo, pois o Atlético poderá no dia do seu aniversário, caso não perca para o Toledo, completar 4 meses de invencibilidade. Hoje são 19 jogos invicto, incluindo os amistosos. Em 2018, só o Atlético e mais 3 clubes ainda não perderam.

O Atlético não esperou o Tubarão mostrar os dentes, foi pra cima e impôs seu ritmo. O Londrina tinha interesse na vitória pela classificação e para fugir do rebaixamento. Por isso o jogo ganhou em emoção. O 1º tempo foi uma avalanche de futebol bem jogado por ambas as equipes, em um “lá e cá” frequente, com mais chances para o Furacão. Bolas na trave, bolas salvas na linha, defesas milagrosas, principalmente do goleiro do Tubarão. Segundo tempo com menos intensidade, mas com muita emoção ainda. O Atlético martelou mas não chegou ao gol. 
Notei que vários lances de bolas levantadas são jogadas ensaiadas. Não houve incompetência de nossos atacantes. 
 
Méritos para a zaga do Londrina que se doou evitando a derrota. Jogo bom assim dá gosto assistir, mesmo que o placar fique 0X0. Devemos levar em consideração ainda que o empate classificou o Atlético antecipadamente, então a primeira ordem era não sofrer gols. Embora classificado, a briga ainda não acabou e o jogo de quarta contra o Toledo vale o mando de campo na final do 2º turno, caso o Atlético se classifique. Quem chegar em primeiro na pontuação entre os 2 grupos, terá o direito ao mando da partida. 
 

Chega de política, quero saber é de Atlético. Torcedor tá de saco cheio de política e deu essa demonstração na Baixada vaiando quem xingava. A moral dos politiqueiros está baixa. E o torcedor está certíssimo, estádio é lugar de vibrar e apoiar o time, quem acha que o estádio está uma geladeira que fique em casa e acenda uma fogueira. Gelada está a alma daqueles que dizem que tudo está errado. Não me importa a cor da cadeira, o teto retrátil, o presidente ou até mesmo quem veste a camisa. Me importa é ver o time que amo entrar em campo. Essa camisa eu visto por amor, seja onde for! Minha alma queima pelo Atlético há 40 anos e essa chama jamais se apagará!

Em tempo: Tirinhas Valiosas
 
Não interessa se é geladeira ou caldeirão, qualquer time tem medo do Furacão. O Atlético irá enfrentar o São Paulo na próxima fase da Copa do Brasil. Primeiro jogo na Baixada. Nas redes, torcedores são paulinos já demonstram o receio de enfrentar o Atlético, com comentários negativos e engraçados, menosprezando o próprio time e enaltecendo o Atlético. Em 1992 nos golearam por 5x0 e ao final daquele jogo disseram que éramos pequenos e insignificantes. 26 anos após as coisas mudaram. Hoje os paulistas nos temem, não somos mais pequenos e insignificantes, somos o Furacão das Américas. Nos devem esse respeito.

Um clube para ser grande não necessita de títulos! Precisa apenas do verdadeiro amor de sua torcida, contra tudo e contra todos e do medo dos adversários! Deveria ser sempre nós contra "eles" e jamais nós contra nós mesmos! Mas para alguns o que interessa é o dinheiro e não o futuro do Atlético!
 
O Furacão ultrapassou o coxa na média de público, mesmo sem disputar clássicos na Baixada. O Atlético chegou a média de 6370 pagantes e 7005 total. Regionais em queda livre. O Carioca é o pior em média. O Paulistão com média de 7612 pagantes. Não se deixe influenciar por bobagens disparadas nas redes provenientes de torcedores sem compromissos com o Atlético. Quem ama o Atlético não abandona o Atlético por nada!

Novo recorde alcançado e desta vez a marca atingida foi no último post no Linha de Fundo (Classificado! Mas e o Prejuízo de 600k, Quem Pagará?). Números muito bons, equivalentes ao dobro dos presentes na Baixada no jogo contra o Londrina. E dizem que ninguém lê, imaginem se o povo estivesse lendo. Comparando com as colunas da página do Olho no Lance, a postagem alcançou a 9ª colocação entre as mais lidas de todos os tempos. Melhor tapa na cara não existe! Obrigado pela preferência, confiança e credibilidade! A mídia paranaense e uma parcela mínima, ridícula e irrisória nos odeia, apenas porque aqui você lê a opinião verdadeira!
Melhores momentos:



Por: Robson Furlan - @Robson_IzzyRock

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.