Header Ads

Real Sociedad 2×1 Alavés – Dérbi vencido, mas é preciso mais concentração

Héctor Moreno comemora seu primeiro gol pela Real Sociedad com os companheiros (Foto: A. MUXIKA – MARCA)

Neste domingo vencemos o Alavés por 2 a 1 no Anoeta, gols de Héctor Moreno, seu primeiro pelo clube, e de Illarra, que já fez sete só nessa temporada.
Jogando contra uma equipe em situação parecida na tabela, conseguimos nos impor desde o início, e por bola jogada não deveríamos ter passado nenhum sufoco, nem mesmo no segundo tempo, quando seguramos um pouco mais o ímpeto ofensivo.
Mas passamos. Por um curto período, ali para o final do 1º tempo. Antes disso, aos 11 minutos já vencíamos por 2 a 0, em um daqueles inícios avassaladores que costumávamos ter nos bons momentos de Eusebio no banco. Porém, com a manutenção posterior do placar, era preciso ficar atento a qualquer falha defensiva que permitisse alguma chance ao adversário e o colocasse de volta na partida. Tiro e queda. Na primeira chance deles, aos 39 minutos, Moyá foi surpreendido e não conseguiu segurar o forte chute de primeira de Pedraza, após cruzamento.
Em seguida, Sobrino aproveitou nosso momento de complacência e quase empatou, ficando cara a cara com Moyá, que se jogou na bola o suficiente para resvalar nela antes da redonda triscar no nosso travessão e ir para fora. Após isso, e até o final do jogo, o controle voltou a ser nosso e fizemos por merecer a vitória.
No entanto, é preciso ser dito que quase perdemos 3 pontos mais uma vez por momentos capitais de distração de nosso sistema defensivo. Quase esse jogo foi mais um de tantos retratados nesse blog com um mote sempre parecido com “jogamos como nunca, não ganhamos como sempre”. Dessa vez a história foi diferente.
Houve mudanças significativas na escalação, com Canales na posição de interior, e com Bautista na referência. Contamos ainda com a volta de Willian José, que quase guardou seu golzinho, antes de dois gols perdidos inexplicavelmente por Zurutuza, outro que saiu do banco desta vez.
Com algumas variações, e com uma vitória que desta vez não nos escapou, respiramos na 12ª posição e entramos de vez no pelotão do “meio de tabela”, que não deixa de ser uma situação melhor que a que tínhamos. Resta torcer para a manutenção dos triunfos e um final mais digno ao fim da temporada.
Ficha técnica:
Real Sociedad: (4-3-3) Moyá; Odriozola, Llorente, Moreno e De la Bella; Zubeldia, Illarra (cap) e Canales; Oyarzabal, Januzaj (Willian, min.68) e Bautista (Zurutuza, min.46).
Deportivo Alavés: (4-4-2) Pacheco; Martín, Laguardia, Ely e Duarte (Burgui, min.80), Ibai (Pérez, min.80), Torres (Medrán, min.65), Pina e Pedraza; Sobrino e Guidetti.
Gols: 1-0: Moreno, min.6. 2-0: Illarra, min.11. 2-1: Pedraza, min.39.
Árbitro: Martínez Munuera. Amarelo para Duarte, do Alavés.
Público: 21.445 espectadores.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.