Header Ads

Contando: 1/45

Chapecoense 1 x 1 PARANÁ
Enfim o Paraná conquistou seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro. Jogando longe de casa, na Arena Condá, em Chapecó, o Tricolor enfrentou a Chapecoense pela 4ª rodada da competição. Mesmo jogando melhor que o adversário, o Tricolor sofreu mais um gol de falta e ficou só no empate.
Resultado de imagem para paraná clube
Carlos e Itaperuna comemoram o gol de empate
(Foto: Tarla Wolski/Futura Press/Estadão Conteúdo)
O JOGO
Já no início o Paraná tomou conta da partida. Jogava no campo do adversário, tentando encontrar a brecha para marcar. Logo aos 3’ lançamento de Carlos para Silvinho, que avançou sozinho e parou em Jandrei. Aos 25’ o cruzamento de Caio Henrique achou Jhonny Lucas, sozinho, mas ele cabeceou em cima do goleiro. A partir daí o jogo deu uma equilibrada, sem grandes chances dos dois lados.

O segundo tempo começou a toda. Com menos de 1’ David fez grande defesa num chute de Elicarlos. O Tricolor respondeu com Caio Henrique: a bola sobrou dentro da área e, com desvio, passou tirando tinta da trave. Na sequência o juiz marcou uma falta inexistente de Cleber Reis na entrada da área, assim como no jogo anterior, e o resultado foi o mesmo: gol do adversário.

O time Paranista não deu tempo de comemoração e 4’ depois já chegou o empate. Corta luz de Caio para Leo Itaperuna, que rolou para Carlos entrar na área e igualar o marcador: 1 x 1. O jogo ficou sem emoção até os 35’, quando o bandeirinha viu agressão de Mansur em W. Paulista, que estava em cima do lateral Paranista, e expulsou o camisa 6. A Chapecoense até esboçou uma pressão, mas sem efetividade: 1 x 1 placar final.

Resultado de imagem para paraná clube
Foto: Liamara Polli/AGIF/Estadão Conteúdo
ANÁLISE
A equipe Paranista segue mostrando evolução jogo a jogo. As peças começam a se encaixar e o time a tomar forma e padrão de jogo. O ‘x’ da questão segue sendo a efetividade: apesar do bom volume de jogo nas últimas partidas, uma média de 19 finalizações por partida (8 certas), somente 2 gols foram marcados.

A perspectiva para o futuro é boa. Carlos marcou seu primeiro gol. Silvinho vai se acertando aos poucos. Carlos Eduardo vai voltar em breve. Cleber Reis deu boa segurança a zaga. Torito foi seguro na sua estreia. O principal defeito do time segue sendo os laterais: Alemão e Mansur pecam na defesa e erram muito no ataque.

PRÓXIMO CONFRONTO
O Tricolor volta a campo no próximo domingo, 13/05, fechando a mini excursão na Vila Belmiro, em Santos-SP. Contando com a volta de Carlos Eduardo e a perda de Mansur, expulso, Rogério Micale deverá mexer pontualmente na equipe, indo a campo com: David; Alemão, Jesiel, Cleber e Baez (Rayan); Torito (Caio Henrique), Johnny Lucas e Carlos Eduardo; Silvinho, Itaperuna e Carlos.

🆚 Santos x Paraná
🏆 Campeonato Brasileiro
📆 13/05 - 19h00
🏟 Vila Belmiro, Santos (SP)

Fellipe Vicentini | @_FellipeS
#PRaCima

Um comentário:

  1. Uma hora a bola vai começar a entrar. Não é possível continuar errando tantas finalizações.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.