Header Ads

De novo o Leão vacila na Série C, e dessa vez caiu para a zona de rebaixamento

O Remo jogou ontem à noite contra o ABC no estádio Frasqueirão, em Natal, pela 7a rodada da Série C. A derrota, por 2 a 1, põe o time azulino em situação de risco por estar agora em penúltino lugar, atrás somente do Náutico. O acesso à Série B mostra-se cada vez mais distante se considerarmos todos os desfalques que vêm frequentemente sendo cometidos pelas diretorias do clube nos últimos 2 anos. 

A partida começou equilibrada, embora quem começou atacando tenha sido o ABC com duas boas chances de gol logo nos primeiros 9 minutos. O Leão respondeu aos ataques com um susto de Jayme em um lance de rebote, aos 10', mas não construiu nada muito além disso no resto dessa etapa. Os mandantes tentaram mais, mas também nao foram capazes de marcar nenhum gol no primeiro tempo, que terminou por se resumir em chances mal aproveitadas.

Foto: Andrei Torres/ABC FC


O segundo tempo começou semelhante ao primeiro, com ambos os times tentando atacar mas sem nenhum êxito. Foi apenas aos 15 minutos que Luan veio na esquerda, recebeu a bola na entrada da área e chutou de fora em direção ao goleiro Vinicius, que não conseguiu evitar o gol. Somente 11 minutos depois Luan veio pela direita em velocidade e recebeu um carrinho de Bruno Maia perto da área, mas isto não foi o suficiente para evitar o lançamento para Matheus Carvalho marcar o segundo do time Capixaba.

Outros 11 minutos após, foi a vez dos visitantes diminuírem o placar, com Nininho cobrando a falta pela esquerda e cruzando para Moisés cabecear para dentro, selando o placar final do jogo em 2 a 1. A péssima perfomance remista é reflexo de uma série de despreucupações dos diretores do clube nos últimos anos, e se não houver mudanças imediatas ainda para essa temporada, o Leão do Norte pode estar fadado tambem a passar 8 anos na Série C como seu ex-companheiro de campeonato, Fortaleza.

O Remo volta a campo domingo, dia 03/06, contra o Salgueiro no Mangueirão, em Belém. Por estar na zona de rebaixamento, todo o cuidado da diretoria em escolher um novo técnico antes dessa partida é pouco, se levarmos em consideração que o primeiro colocado, o Atlético Acreano, tem mais que o dobro de pontos da equipe remista. Qualquer desfalque azulino pode impor ao Mais Querido sérias complicações para o segundo turno que se aproxima, e subir na tabela nessa fase da competicao será significativamente mais complicado que se recuperar na classificação logo agora.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.