Header Ads

A hora da verdade está chegando

Caros tricolores, o texto de hoje não irá falar somente do empate frustrante de ontem diante da boa equipe do Figueirense por 2 a 2 na Arena Castelão, mas, de alguns aspectos que tiram o sono da nação tricolor e que levam a vários questionamentos e análises, que devem ser realizadas de forma fria e racional, sem extremismos, nem 100% pela emoção. Fortaleza possui 47 pontos e pela desastrosa rodada de ontem, a distância para os demais concorrentes diminuiu, sendo um motivo de alerta diante dos próximos compromissos. Leão volta a campo no próximo sábado (8/9) ás 16:30hs  para enfrentar o Criciúma em Santa Catarina.

O cenário estava montado para mais uma vitória do tricolor, rival com desfalques importantes e o nosso time contava com a volta de Marcinho e com a confirmação de Gustavo no comando do ataque. Primeiro tempo foi de domínio tricolor, que chegou com perigo em bolas áreas e com Marcinho pela ponta esquerda. Time abriu o placar aos 24' com jogada ensaiada numa cobrança de falta, Felipe pegou de primeira e contou com o desvio da zaga, não deu nem tempo comemorar direito, ao 28' após escanteio, Nogueira empatou o jogo. Fortaleza continuou na pressão e cedeu espaços e faltas bestas para o rival. Novamente teve um gol mal anulado pela arbitragem.

No segundo tempo, o mesmo cenário, tendo a posse de bola e tentando pressionar o adversário. Gol da virada saiu aos 10' após cobrança de falta de Dodô e infelicidade do volante Matheus Sales. O que parecia bom, se tornou melhor, aos 14' Patrick foi expulso e o time catarinense ficou com 10 jogadores em campo, entretanto, aos 22' após um cochilo da zaga (estávamos com 3 zagueiros em campo) o rival voltou a igualar o jogo. A partir disso foi ataque contra defesa, Jussani foi para a área no desespero, bolas alçadas sem qualidade, goleiro defendendo, zagueiro tirando em cima da linha, chutes de média distância e o gol do alívio não saiu. Torcida que fez um bom papel, apoiou o time, saiu chateada com o empate e vaiou a equipe no final dessa decepcionante exibição. A liderança não pode e nem deve acobertar os nossos erros.

Alguns aspectos cruciais que ficaram evidentes do jogo de ontem: 

  • Não estamos mais sabendo lidar contra times que jogam fechados em busca do contra-ataque, nosso modo de jogar está sendo bem analisado pelos rivais e ficamos previsíveis demais. 
  • Se é para molhar o gramado, que avisem aos jogadores (Ou eles não sabem disso????) escorregões ridículos em lances capitais da partida. 
  • Erros de passes, demora na decisão da jogada, afobação na definição do lance, excesso de confiança e achar que o jogo pode ser ganho a qualquer momento (Isso que o time demonstra, pelo sono absurdo em alguns momentos do jogo). 
  • Zaga que antes era o alicerce do time, agora é o ponto fraco, bola área é um caos, zagueiros não se entendem e o goleiro parece estar sem confiança para sair do gol... (Torcida está falando demais disso, então tem alguma coisa errada). 
  • Mais um gol mal anulado do Fortaleza, não estou chorando por isso, porque tivemos um jogador a mais por praticamente 35 minutos e não conseguimos os 3 pontos, entretanto, um erro como esse pode definir um o andamento do jogo
  • É surreal e assombroso o número de lesões dos nossos jogadores, Leonan jogou um jogo e já sentiu, Adalberto saiu machucado ontem e outros atletas demonstraram um estado físico abaixo do esperado. 
Por fim, o inicio fulminante nos deu uma "gordura", que com o decorrer do campeonato foi perdida e passou um período foi retomada, e agora mais um período de turbulência, mas, é diferente, os rivais se reforçaram, estão numa crescente e em ascensão e nós estamos num momento tenso e no "fio da navalha". A hora de mostrar serviço é agora, campeonato está afunilando e precisamos estar unidos em prol do nosso objetivo, nada de contagem regressiva (ESQUEÇAM ISSO) pensaremos um jogo de cada vez, faltam 13 e a nação tricolor está com vocês. 

FORTALEZA EC ESSE É O MOMENTO DE SER: 
COMBATIVO NAS QUATRO LINHAS 
AGUERRIDO NA DISPUTA POR CADA CENTÍMETRO DE CAMPO 
VIBRANTE IGUAL SUA TORCIDA 
FORTE MENTALMENTE 

Fortaleza decepciona e empata em casa. (Gustavo Simão/ Fortaleza EC) 







Um comentário:

  1. Ótima colocação
    E à partir dela afirmo que enquanto "torcida" devemos continuar fazendo nosso papel indo ao estádio é apoiando do início ao fim como foi ontem de preferência em um maior número. Cada jogo uma final!!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.