Header Ads

Tudo o que você precisa saber sobre o Campeonato Mineiro 2019 (2/2)

Puta taça bonita.
(Foto: Globoesporte.com)
Saudações.


Cá estou eu para fazer a não tão aguardada parte 2 do Guia do Campeonato Mineiro. Se você tá a fim de ler a parte 1, onde falei um pouco sobre Atlético, América, Cruzeiro, Boa e URT, clique aqui.

No texto de hoje, vou dar algumas informações sobre Guarani, Caldense, Patrocinense, Tombense, Tupynambás, Tupi e Villa Nova.

Pois bem, vamos lá:

O Guarani foi campeão do Módulo II, em 2018.
(Foto: Globoesporte.com)
SOBRE OS TIMES
GUARANI: o Bugre foi na contramão de vários clubes do interior, que trocam de elenco a cada seis meses, e manteve grande parte do elenco campeão da segundona mineira no ano passado, incluindo o treinador, Gian Rodrigues.

Dos 25 jogadores que o Guarani conta para 2019, 15 estavam na campanha do título do Módulo II em 2018. Por isso, a expectativa de uma boa performance na primeira divisão é grande. A minha aposta é que a equipe de Divinópolis consegue chegar ao mata-mata.

CALDENSE: a Veterana é uma incógnita, no momento. Vindo de uma péssima na edição de 2018 e com dificuldades financeiras, a Caldense vai para o tudo ou nada nesse ano. Ou faz uma boa campanha no estadual, ou o resto da temporada ficará comprometida. 

Pensando nisso, a equipe de Poços de Caldas trocou a comissão técnica e quase todo o elenco. Na minha opinião, deve conseguir se manter na primeira divisão e quem sabe chegar ao mata-mata, muito pela tradição e o estádio Ronaldão, onde os adversários sofrem para jogar, principalmente o Galo.

O escudo da Patrocinense.
"Pode copiar, mas não faz igual."

(Foto: Wikipedia)
PATROCINENSE: disputando a primeira divisão pelo segundo ano seguido, a Patrocinense busca repetir a boa campanha de 2018, quando a equipe chegou às quartas de final.

A Águia trouxe atletas experientes como o centroavante Val Barreto e repatriou o meia Dedê, um dos destaques do time no título do Módulo II, em 2017.

Além disso, conta com Rodrigo Fonseca, ex-Cruzeiro, no comando técnico.

Confesso que não sei quase nada sobre a Patrocinense, mas meu palpite é que a equipe deve brigar para não cair esse ano.

TOMBENSE: a Tombense talvez seja a principal força do interior de Minas atualmente. O clube estreou na primeira divisão em 2013 e logo de cara conquistou o 3° lugar. No ano seguinte foi além e conquistou a Série D do Brasileirão. E desde então, a equipe de Tombos vem fazendo boas campanhas.

Muito disso é culpa da Brazil Soccer, empresa gerida pelos empresários Eduardo Uram e Lane Gaviolle, que faz desde 1999 um trabalho de profissionalização e estruturação do clube.

Para 2019, a Tombense procura se firmar ainda mais na elite do futebol mineiro. Para isso, trouxe atletas conhecidos como o lateral ex-Flamengo Juan e o centroavante Ricardo Jesus. Para mim, é favoritíssimo a chegar as quartas de final e quem sabe até mais longe.

TUPYNAMBÁS: de volta a primeira divisão após quase 50 anos, o possante Tupynambás aposta na experiência. Só que o clube de Juiz de Fora deu uma exagerada nesse quesito, contratando Ademilson, ex-Tupi, de incríveis 44 anos. Além dele, mais nomes bastante conhecidos no futebol mineiro estão no elenco, como Leandro Salino, Eraldo e o técnico Felipe Surian.

Apesar de tantos rostos conhecidos, acredito que a equipe deve voltar ao Módulo II.

TUPI: primo rico do Tupynambás, o Tupi é sempre uma das apostas do interior. O Galo Carijó reformulou toda a comissão técnica, porém trouxe nomes conhecidos como o volante Leandro Brasília e o centroavante Daniel Morais. 

Como sempre, deve chegar ao mata-mata do Mineiro.

VILLA NOVA: tradicionalíssimo no futebol mineiro, o Villa Nova perdeu muita força e ultimamente vem brigando apenas para não cair. Isso se deve a crise financeira que assola o Leão há algum tempo.

Apesar das dificuldades extracampo, o Villa planeja fazer uma grande campanha no Estadual e conquistar uma vaga na Série D. Para isso, deixou de contratar medalhões com em outras temporadas e apostou em um elenco mais desconhecido.

Porém, não acredito que a equipe de Nova Lima vá muito longe. Deve brigar para não cair para o Módulo II, como nos últimos anos.

Muito bem, esse foi o Guia do Campeonato Mineiro 2019. Gostou? Comente, compartilhe, até ligue se quiser, mas não para mim. 

Um forte abraço - (@victismo)

SIGA O LINHA DE FUNDO!
Twitter: @SiteLF
Facebook: Linha de Fundo
Instagram: @linhadefuundo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.