Header Ads

Ceará 0 x 2 Náutico: De quem é a culpa?

Alvinegro jogou com o time considerado reserva e foi derrotado pelo Náutico por 2 a 0 na Arena Castelão.


Até agora estou tentando entender o que se passou na cabeça do Lisca para escalar time reserva em um mata mata de partida única, nem um treinador neófito (pra não chamar de burro) adota uma ''estratégia'' dessas, em campo o resultado foi o pior possível e o vovô acabou eliminado precocemente da Copa do Nordeste. A justificativa para tal proeza do nosso ''treinador'' é que na próxima quarta-feira o Ceará enfrenta o Floresta pela semifinal do estadual, mas é no mínimo contraditório esse discurso, afinal o alvinegro possui até a vantagem do empate nessa partida, situação bem diferente do confronto diante o Náutico.
Lisca errou ao escalar os reservas diante o Náutico. FOTO: Kid Junior / Diário do Nordeste

Falando em contradição, outro ponto que está causando inúmeras interrogações entre os torcedores é o fato dele ter escalado o time considerado titular em seis das sete partidas da primeira fase do torneio regional e justamente no jogo que valeria uma vaga nas semifinais da competição ele escala um time alternativo. O que parece é que o nosso ''treinador'' só Deus sabe por que, menosprezou o adversário, achando que seu time poderia avançar, mesmo com a escalação equivocada.

Mas sempre aparecem seus advogados, defendendo com unhas e dentes o ''treinador'', afirmando que se o time aproveitasse as chances desperdiçadas, a história da partida seria outra. Mas existe um contraponto, se a bola na trave que o Náutico teve fosse gol? Se estivesse jogando com o time titular (que era o correto) o Valdo não estaria jogando e muito menos marcaria um gol contra? Isso os defensores sequer mencionam.

Durante essa temporada o repertório de desculpas foi imenso, já culparam o gramado, tragédias no meio esportivo, a arbitragem, a torcida e principalmente a sequência de jogos no inicio de temporada. Mas quando o Lisca teve a oportunidade de poupar os jogadores principais e rodar o elenco, o que foi feito? É importante lembrar os amigos de mais uma ''estratégia'' do nosso ''treinador'' em escalar o time principal diante o Atlético Cearense, tendo uma sequência de clássicos e jogos decisivos. A realidade é que se o time cansou, é porque o ''treinador'' não soube planejar e fazer o óbvio em diversas oportunidades.

Já faz tempo que o time não vem produzindo o futebol esperado, o Ceará investiu milhões para montar um elenco digno para chegar forte na disputa dos campeonatos (em especial a Copa do Nordeste), mas entregar jogadores qualificados a um ''treinador'' que é avesso a títulos é exigir demais que o time ganhe algo dentro de campo. Ontem, depois da saída do Wescley o alvinegro ficou aquele velho e conhecido time engessado, com dificuldades de propor o jogo, onde um jogador não consegue quebrar linhas e fazer uma mísera jogada de profundidade, será porque os pontas escalados pelo ''treinador'' são meias? Até o Fábio Carille já identificou isso, exceto o Lisca que coloca os caras para jogar.
Sem Wescley alvinegro apresentou os conhecidos problemas ofensivos. FOTO: Julio Caesar / Opovo

Nossa torcida não tem engenheiros de obra pronta, muito pelo contrário, muitos entendem de futebol e sabe que não se pode esperar algo bom de um time onde o ''treinador'' insiste com o limitado Auremir em detrimento ao William Oliveira, um jogador que das poucas vezes que entrou deu conta do recado. Além disso, ontem também ficou exposta a dificuldade do Lisca em realizar uma leitura de jogo, o time estava necessitando de velocidade, com o adversário gostando da partida e chegando cada vez mais ao ataque, qual foi a resposta? Ricardinho, para cadenciar ainda mais o time engessado, parece que fazem isso de propósito e o resultado disso foi a participação do camisa 8 nos dois gols do Náutico.

Durante essa temporada Lisca vem cometendo uma sequência de infelicidades, mudanças e escalações equivocadas, insistência com peças questionáveis, demissão de auxiliar, declarações polêmicas e batendo de frente com o torcedor, isso tudo acabou criando um ambiente pesado, onde o ''treinador'' (antes querido) virou alvos das criticas. Ontem a culpa foi dos setores do clube, quando vêm as glórias ele recebe, mas na hora das criticas, ele nunca é o culpado sozinho.

Em 2016 a culpa ''não foi dele'', afinal ele afirma que não participou da montagem do elenco, mas e esse ano, Lisca? Você montou o elenco a seu gosto, trazendo seus indicados, tais como (Cristovam, Victor Feijão, Charles, Auremir) e com um time mais qualificado os resultados são eliminações e um futebol pobre dentro de campo. Foi também em 2016 que ele e insistia com as peças erradas, quem não recorda quando ele tinha o Richardson, um jogador e enorme potencial e acabava escalava outro jogador? Estamos vendo o mesmo filme passando novamente e esperamos que o final fosse bem diferente.

Sou grato pelos dois milagres que o Lisca conduziu o Ceará, mas não sou hipócrita ao ponto de achar que por causa desses feitos ele deve fazer o que bem entender, a torcida já pediu inúmeras vezes para a diretoria ''cortar as asas'' dele enquanto fosse tempo, na tentativa de impedir algo pior e o pior chegou, uma eliminação trágica e dolorosa principalmente pelo fato de possuirmos um time para chegar ainda mais longe.

Volto para a indagação do titulo desse texto, de quem é a culpa? Hoje sem sombra de duvidas, o maior culpado pela eliminação diante o Náutico e pela apatia do time durante a temporada está sendo o ''treinador'', que não soube planejar suas estratégias, escalar e fazer mudanças necessárias. Agora o Ceará e o seu ''treinador'' estão recebendo criticas justas e merecidas, afinal os erros cometidos estão causando uma pressão desnecessária para a semifinal do estadual, em caso de perca da vaga na final a situação ficará mais que insustentável e sejamos justos, caso passem, não é mais que obrigação depois desse vexame.

Para encerrar, não estamos pegando ninguém para Cristo, muito pelo contrário Presidente Robinson de Castro, apenas estamos indignados pelos inúmeros erros que o seu ''treinador'' vem cometendo. Ontem o Lisca não deu três pontos ao Ceará, deu uma eliminação, onde perdemos receita e o sonho do nosso bicampeonato.

Por Davi Maia / @davims

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.