Header Ads

Ela voltou! A Premier League está de volta!

A tão esperada volta da Premier League movimentou o fim de semana do mundo da bola. Com novidades, mas muito parecida com o modo como terminou a temporada passada.

A novidade maior ficou por conta do VAR. E a Premier League não decepcionou. Velocidade, exatidão e transparência. Fizeram o VAR funcionar como deveria ser, sem afetar tanto a dinâmica do jogo. Serão modelo pra todos.


Mas a verdade é que as atenções se voltaram primeiro para os dois melhores da temporada passada. Na sexta, o Liverpool arrebentou o recém-promovido Norwich com um 4x0 no primeiro tempo. Força, velocidade e fibração. Correu mais riscos do que o normal, mas estreou bem. Já o City, fez um jogo burocrático e mesmo assim enfiou um sonoro 5x0 no West Ham, clube que espera figurar na parte de cima da tabela. Atenção para o hat trick de Sterling e para Gabriel Jesus que voltou a marcar como titular na Premier League, para alegria dos citizens.


O sábado ainda contou com alguns bons jogos. Bournemouth e Sheffield empataram com autênticos gols ingleses de bate e rebate dentro da área. O Burnley usou toda a energia do Turf Moor para bater o Southampton por 3x0. Já o Everton tentou e tentou, mas não mexeu no placar do Crystal Palace no Selhurst Park.

No fim da rodada, o Tottenham levou um susto contra o tradicional Aston Villa cheio de novidades. Mas virou no final com gol do estreante Ndombele e mais dois de Harry Kane. Os Spurs esperam um temporada de menos lesões do artilheiro. Se for assim e mantendo Eriksen, a temporada do Tottenham por ser animadora.

Até então, tudo muito parecido com a temporada anterior. As exceções foram daí pra frente. A surpresa da rodada ficou por conta do Brighton que bateu por 3x0 fora de casa o Watford de Javi Gracia, que fez um bom papel na temporada passada. 

No domingo, Foxes e Wolves em jogo sem grandes emoções, com os dois times decepcionando em relação a temporada passada. Junto com Everton e West Ham são os grandes desafiantes para abrir espaço entre o Big Six. 

Já o Arsenal inovou e incrivelmente sai sem tomar gols e venceu jogo fora de casa em campo difícil de se jogar. Pros Magpies do norte da Inglaterra fica a sensação de que pode ser mais um ano de sofrimento agora que Rafa Benítez deixou o comando técnico.

Pra terminar, United e Chelsea fizeram o jogo mais esperado na rodada, justamente por serem duas incógnitas. O Chelsea cheio de garotos e um United sem uma cara. Os blues começaram melhor e continuaram mesmo depois do gol de Rashford no primeiro tempo, mas depois de tomar 2 gols em 3 minutos na meiuca do segundo tempo, os Red Devils consolidaram uma atuação que terminou com 4x0 e vários closes no rosto de Frank Lampard apesar do bom jogo do time de Londres.


E assim foi a primeira rodada da Premier League. Gols, novidades, permanências e muito futebol. O certo mesmo é que nossos finais de semana ficarão de novo mais animados.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.